Guarda Vidas pedem socorro! São 6 anos sem concurso! No edital do novo concurso não tem vagas para QBMP10. Querem acabar com o GMar?

sábado, 19 de abril de 2014

PGR quer opinar no recurso da defesa do líder das greves da PM na Bahia

Pedido se dá em virtude dos tipos de crimes pelos quais Marco Prisco responde


O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviou, na tarde deste sábado (19), ofício ao desembargador plantonista do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) solicitando que ele seja informado imediatamente do habeas corpus impetrado pela defesa de Marco Prisco Caldas Machado, preso nesta sexta-feira (18) na Bahia e transportado para Brasília, onde se encontra isolado no Presídio da Papuda. 
Requereu ainda que o representante do MPF que atua perante o TRF-1 - membro da Procuradoria Regional da República da 1ª Região - seja intimado para manifestar-se nos autos, ainda que em breve prazo fixado em horas.O pedido para que o PGR seja comunicado se dá em virtude dos tipos de crimes pelos quais Marco Prisco responde em denúncia proposta pelo Ministério Público Federal na Bahia, e na qual foi determinada a sua prisão. Trata-se de crimes previstos da Lei de Segurança Nacional (7.170/1983) e no Código Penal "em detrimento de bens, serviços ou interesses da União ou de suas entidades autárquicas ou empresas públicas". Tais crimes são processados pela Justiça federal.
Na segunda nota divulgada neste sábado, a PGR explica que aprisão do líder do movimento grevista da Polícia Militar baiana deu-se em decorrência de mandado expedido pelo juiz titular da 17ª Vara Federal da Seção Judiciária da Bahia, e "fundou-se na necessidade de garantia da ordem pública"."O denunciado liderou três greves ilegais de policiais militares no estado da Bahia e de consequências negativas para a população baiana. Apenas entre os dias 16 e 18 deste mês de abril, período em que os policiais militares interromperam suas atividades, mais de cem pessoas foram assassinadas em Salvador, além de terem sido praticados saques, 'arrastões', roubos e a restrição ao direito de ir e vir dos cidadãos.

Governo prepara plano rápido contra greve durante a Copa

Na Bahia, vereador que liderou a paralisação da Polícia Militar foi preso pela PF

O DIA
Brasília - Preocupado com ameaça de greve em vários setores estratégicos durante a Copa do Mundo, o governo estuda um plano rápido a adotar para frear esses movimentos. Apontado como o líder da greve da Polícia Militar na Bahia, o vereador Marco Prisco (PSDB) foi preso na tarde desta sexta-feira (18) O Palácio do Planalto avaliou como positiva a reação rápida do governo federal à paralisação da Polícia Militar baiana. O movimento, que durou três dias, terminou na quinta-feira, assim que chegaram integrantes da Força Nacional e das Forças Armadas à Bahia, a pedido do governador Jaques Wagner (PT). Ontem, apontado como o líder da greve da PM baiana, o vereador Marco Prisco (PSDB) foi preso pela Polícia Federal.
Os policiais militares aceitaram basicamente o que o governo do estado tinha oferecido antes. Houve pouca alteração substancial no acordo que encerrou a paralisação. O governo considerou a resposta à greve um teste positivo e poderá a usar a mesma estratégia na Copa, segundo o Blog do Kennedy, abrigado no Portal iG.
Governadores de estados em que há rumores de eventuais paralisações estão sendo estimulados pelo Planalto a seguir o exemplo de Jaques e pedir reforço imediato de tropas federais. O governo federal elaborou um plano de pronto atendimento a esse tipo de reivindicação.
A estratégia do governo é carimbar como oportunistas e chantagistas eventuais greves de policiais ou de outros setores do funcionalismo que usem a Copa para pressionar governantes.
Em entrevista ao ‘Jornal do SBT’, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que o governo tem “um plano de contingência” para um cenário de onda de greves pré-Copa. Exemplo: medida para evitar que uma greve de policiais federais dificulte o controle de passaportes dos estrangeiros que virão para o evento.
“O policial saberá entender que uma hora é hora da sua reivindicação. Outra hora é hora de jogar junto com toda a sociedade brasileira para que a gente tenha uma excelente Copa”, disse Cardozo.
A prisão preventiva do vereador Prisco por 90 dias faz parte de uma ação penal contra sete acusados por diversos crimes na greve de 2012. Ele é diretor-geral da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra). Prisco foi transferido ontem para o Presídio da Papuda, em Brasília.
Segundo a Secretaria de Segurança, foram registrados 59 homicídios em Salvador e região metropolitana durante a greve de três dias.

Dobra o número de salvamentos marítimos nas praias do Rio

Em um ano, atendimentos dos Bombeiros saltaram de 4.021 para 8.081. Número de óbitos na praia diminuiu de 13 para 8 no mesmo período.
19/04/2014 07h07 - Atualizado em 19/04/2014 07h07
Por Daniel Silveira
Do G1 Rio
Previsão da Marinha do Brasil é que as ondas atinjam até 2 metros de altura (Foto: Bernardo Tabak / G1)
Entre 2012 e 2013, houve formação de muitas ondas (Foto: Arquivo/ G1)
Ao longo de 2013, o Corpo de Bombeiros realizou 8.081 salvamentos no mar nas praias do Rio. O número é superior ao dobro dos atendimentos realizados no ano anterior, que foi de 4.021. “Isso está diretamente relacionado às condições do mar”, afirmou o tenente-coronel Marcelo Pinheiro, comandante do 3º Grupamento Marítimo de Copacabana.
O tenente coronel disse que entre o final de 2012 e o início de 2013 "o mar balançou", que significa a formação de muitas ondas. “Foram cerca de 300 salvamentos por dia”, disse. Ele destacou que a temperatura das águas, o clima, a alta frequência de banhistas nas águas e o perfil deles são outros fatores que podem ter contribuído para o aumento de casos.
O comandante ressaltou ainda que nem todas as ocorrências de salvamento marítimo podem ser consideradas como afogamento. “Um pessoa pode ter tido uma câimbra e precisou de ajuda para sair do mar”, disse. Conforme levantamento do Corpo de Bombeiros feito em 2012, 13 pessoas morreram afogadas nas praias da capital. Em 2012 o número caiu para 12.
Para o diretor-geral do Hospital Miguel Couto, na Zona Sul, Luiz Alexandre Essinger, o abuso no consumo de bebidas alcoólicas pelos banhistas pode ser um dos fatores que também explique esta escalada. “Nos últimos anos essa questão do [abuso no consumo] álcool tem sido mais comum entre os pacientes afogados. No passado não era comum os adultos beberem na praia", comentou Essinger.
O Miguel Couto também registrou aumento no número de casos de afogamentos. Em 2012 foram 25 casos, enquanto 2013 foram 33. Segundo o diretor da unidade, a maioria das vítimas socorridas lá é carioca, do sexo masculino e com idade média na faixa dos 30 anos. O mesmo perfil é apontado pelo Corpo de Bombeiros.
Perigo no mar
“Eu sempre digo que o mar nunca está tranquilo. O mar sempre exige cuidado. E vale destacar que água na linha da cintura já é sinal de perigo”, alertou o tenente-coronel Marcelo Pinheiro. "A gente sempre gosta de frisar que não importa a profundidade da água. Um palmo pode ser suficiente para se afogar", completou o médico Luiz Alexandre Essinger.

Pinheiro destacou que grande parte dos afogamentos estão associados às “correntes de retorno”. Segundo ele, isso ocorre após uma sequência de ondas que provoca aumento instantâneo do volume de água que torna uma profunda uma parte até então rasa. “Pode haver quatro ou cinco afogamentos simultâneos nesta situação”, destacou.
Lesão cervical
Além de alertar para o risco de afogamento mesmo em águas rasas, o diretor do Hospital Miguel Couto, Luiz Alexandre Essinger alerta para um perigo grave. Segundo ele, são frequentes os casos de banhistas que saltam no mar e batem com a cabeça na areia sofrendo lesão na coluna cervical que pode levar, até mesmo, à tetraplegia (paralização dos movimentos de membros superiores e inferiores do corpo).
“São casos que impressionam muito porque, geralmente, as vítimas são pacientes mais jovens e essa paralisia é um peso muito grande para elas e para a família”, disse Essinger. O tenente coronel do Corpo de Bombeiros Marcelo Pinheiro também destacou este tipo de acidente. “Com a maré baixa as pessoas ficam no raso pegando jacaré [deixar-se levar pelas ondas até a areia] e acaba batendo com a cabeça no fundo. Isso pode acabar com a vida”, alertou.
Dicas de banho seguro
Para evitar acidentes no mar, o Corpo de Bombeiros orienta os banhistas a:
- respeitar as placas de aviso instaladas nas praias
- respeitar os apitos dos guarda-vidas
- se tiver dúvida sobre as condições do mar, perguntar ao guarda-vidas
- evitar o consumo de bebidas alcoólicas antes de entrar no mar
- evitar se alimentar em excesso e mergulhar em seguida
- evitar mergulhar de cabeça sem ter a real dimensão da profundidade da água
- redobrar a atenção com as crianças na água
Dois salva-vidas resgatam um homem na Praia do leme, na Zona Sul (Foto: Bernardo Tabak/G1)

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Líder da greve da PM na Bahia é preso, segundo MPF

Apontado como o líder da greve da Polícia Militar na Bahia, o vereador Marco Prisco (PSDB) foi preso na tarde desta sexta-feira (18) em um resort em Costa de Sauípe, no Litoral Norte do estado, segundo informações do Ministério Público Federal (MPF).


A prisão preventiva foi determinada pela Justiça Federal na terça-feira (15), informou o MPF, que fez o pedido nesta segunda.

Segundo a decisão da 17ª Vara Federal, a prisão é baseada nos artigos 311 a 313 do Código de Processo Penal, visando a "garantia da ordem pública", e deverá ser cumprida por 90 dias "em estabelecimento de segurança máxima".

O MPF afirma que ele somente pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal. O pedido faz parte de uma ação penal contra sete acusados por diversos crimes na greve de 2012, que foram denunciados no ano passado.

A Polícia Federal informou em nota que a prisão ocorreu em Costa do Sauípe, com apoio da Polícia Rodoviária Federal e da Aeronáutica. Segundo a PF, ele será transferido para o Presídio Federal de Brasília (Complexo da Papuda) nesta tarde.

Prisco é vereador e diretor-geral da Associação de Policiais e Bombeiros e de seus Familiares no Estado da Bahia (Aspra).


Após assembleia realizada entre líderes do movimento e PMs em Salvador, Prisco afirmou que a categoria conseguiu um aumento de 25% no soldo (remuneração específica dos policiais) para o administrativo da PM; de 45% para o operacional e de 60% para motoristas. Também foi aprovada a extinção do Código de Ética, nova discussão sobre o plano de carreira e fim do curso de cabo.

Para Fábio Brito, vice-presidente da Aspra, a “prisão é arbitrária". "Ele é vereador eleito, tinha que ser domiciliar ou na Câmara de Vereadores, e não em presídio de segurança máxima. É o que garante a Constituição. É um absurdo”, afirmou ao G1.

O Ministério Público Federal da Bahia (MPF-BA) fez a denuncia de sete envolvidos na greve da Polícia Militar (PM), entre 31 de janeiro e 10 de fevereiro de 2012, entre eles Marco Prisco (PSDB), ex-soldado da PM, líder do comando grevista e atual vereador de Salvador, e Gilvan Souza Santana (PT do B), soldado e vereador em Jequié (358 km de Salvador).

Os outros denunciados são o cabo Jeoás Nascimento dos Santos, os soldados Josafá Ramos dos Santos e Jeane Batista de Souza, o líder da greve dos Bombeiros no Rio de Janeiro, Benevenuto Daciolo Fonseca dos Santos, e David Salomão dos Santos Lima, de Vitória da Conquista.

Segundo a denúncia do MPF, os sete denunciados formaram uma quadrilha armada com objetivo de “lesar e expor a perigo o Estado”.


QUE DEUS ESTEJA NA FRENTE DE MAIS ESSA BATALHA!

FORÇA A TODOS AQUELES QUE LUTAM PELA DIGNIDADE DE UMA CATEGORIA.

PEDIMOS ORAÇÕES A TODOS OS AMIGOS, PARA QUE TUDO SE RESOLVA DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL!

quinta-feira, 17 de abril de 2014

OBRAS - BRASIL UM PAÍS DE TODOS?

- O Brasil foi o país que teve mais tempo na história de todos os mundiais para prepará-lo: 7 anos, mas o Brasil é o mais atrasado.

- O Francês Jérome Valcke, secretário geral da FIFA criticou o Brasil pelos atrasos. O governo brasileiro disse que não conversaria mais com Jérome Valcke.

- A França teve apenas 3 anos, e finalizou as obras 1 ano e 2 meses antes.

- A África do Sul teve 5 anos, e terminou com 5 meses de antecedência.

- Há pouco mais de 3 meses da Copa, o Brasil ainda tem que fazer 15% do previsto.

- O custo do “Stade de France” foi de 280 milhões de Euros(o mais caro da França), uma vergonha se comparado ao “Olimpiastadium” sede da final da Copa da Alemanha em 2006, que consumiu menos de 140 milhões de Euros.

- Mas perto do Brasil isso não é nada. Cada estádio custa em média mais de 1/2 bilhão de Euros.

- E o dinheiro sai do bolso do Brasileiro. Tudo é financiado com recursos públicos. Na França tudo foi financiado com recursos privados.

- Mas o custo não é alto porque os trabalhadores recebem muito. Os trabalhadores recebem salários de fome.

- As empreiteiras é que ganham muito e há muita corrupção para os políticos.

- Não há segurança para os trabalhadores, acidentes e mortes são comuns. Na França o número de mortes nas construções foi 0(zero)

- Mesmo com os milhões a mais, os Estádios são ruins.

- Em 2007 o Brasil construiu um estádio para o Panamericano do Rio e homenageou quem???? Um diretor da FIFA, um brasileiro, corrupto para variar: João Havelange! No Brasil corruptos recebem homenagens.

- O estádio era tão ruim que não durou nem 6 anos. Isso mesmo, 6 anos….

- Hoje o estádio está interditado e não recebe mais jogos. Detalhe: custou mais de 150 milhões de Euros(mais do que o Estádio do Olympic de Marseille), e hoje serve de ninho para pombos.

- Na França, os Estádios são multi-uso, servem para competições olímpicas, jogos de Rugby, e são centro de lazer, com lojas e restaurantes e estacionamento nos outros dias da semana. No Brasil são usados só para jogos.

- Em Brasília estão construindo um Estádio para 68.000 pessoas, sendo que o time local está na quarta divisão do campeonato brasileiro e tem média de público de 600 pagantes. Tudo com financiamento público.

- Em São Paulo há 2 estádios, Morumbi e Pacaembú, ao invés de reformá-los, construíram um 3o. estádio, Itaquerão, 23km do centro da cidade e sem metrô até lá.

- O ex-presidente Lula, torcedor do Corinthians, empenhou-se pessoalmente para que construíssem este estádio em vez de reformar um dos outros 2 já existentes.

- Exceto seus correligionários, ninguém acredita que Lula foi movido por amor ao “Timão” .

- Lula é amigo íntimo de Marcelo Bahia, Diretor da Odebrecht, vencedora da licitação. Um reforma custaria menos de 100 milhões de Euros, um novo estádio tinha previsão de custo inicial de 300 milhões de Euros (mas já passou de 500 milhões) um dos mais caros da história da humanidade. Lula e Marcelo são constantemente vistos em caríssimos restaurantes de Paris, tomando bons vinhos franceses. Lula, claro, se declara socialista.

- Este estádio é igualmente ruim, alagamento, péssima infraestrutura, e antes mesmo de inaugurar já caiu, matando funcionários. (http://oglobo.globo.com/esportes/video-mostra-momento-do-acidente-no-itaquerao-10911765)

quarta-feira, 16 de abril de 2014

Sepetiba pede socorro - Destacamento 5/M - 2º GMar

Com bebedouro com filtro sem trocar por tempos, sujo como se fosse de uma oficina mecânica; caixa d'água suja por mais de anos, sem tampa e de amianto; cozinha que não fecha a porta, não fechando, também a janela, dando acesso a gatos para frequentar o ambiente no período da noite; Destacamento mal acabado; Comida é carne moída e peixe de baixa qualidade; O lixo é colocado no carrinho de mão, pois não existe lixeira; Refresquera não funciona; o café da tarde é o pão requentado e sem ceia; o alojamento feminino cheio de infiltração; mas tendo como prioridade o Gabinete do Comandante do destacamento, sendo que, o mesmo comandante não aparece no quartel, ficando sempre no CBA 11 - RECREIO, tendo este lugar como clube, não atuando como tal, mas somente deixando o quartel na mão do SubTen para administrar, sendo assim, deveria dar o DAS para o SubTen.

Mediante ao exposto, perguntamos ao Cmt do CBA XI: 

Qual a prioridade, o gabinete que não é frequentado pelo Comandante do Destacamento ou o bom andamento do serviço operacional e administrativo?





















PARABÉNS AOS NOVOS RECRUTAS - JUNTOS SOMOS FORTES




Decretada greve da PM por tempo indeterminado na Bahia


Os policiais militares baianos decretaram greve por tempo indeterminado, em assembleia realizada na noite desta terça-feira (15) no Wet’n Wild, na Avenida Paralela, em Salvador.

O soldado Marco Prisco (PSDB) leu a proposta do governo e antes mesmo de colocar em votação, declarou a greve. As palavras de ordem foram aclamadas por todos os presentes.

Ainda durante o discurso, o vereador de Salvador convocou os policiais que iniciam os expediente às 19 horas que não trabalhem e pediu para que os agentes do interior procurem um espaço adequado para se mobilizarem.

Instado a dar recomendações à sociedade, o soldado exonerado dos bombeiros recomendou: a população deve se resguardar, ficar em suas casas, tomar todos os cuidados porque a luta que a gente está fazendo é por ela tenha certeza disso. 

Após responder à pergunta, Prisco voltou a se reunir com outros representantes de Associações para discutir, entre outros, a estratégia da paralisação e linhas de atuação das lideranças.

As informações são do repórter Tony Silva

Publicada no dia 15 de abril de 2014, às 19h20

Fonte: Bocão News

terça-feira, 15 de abril de 2014

Postos Intermediários, Avançados ou simplesmente, Postinho

*Os pontos são ideais para locais onde não existem estruturas em alvenaria, ou seja não substituem os postos existentes, são ideais para apoio logístico aos existentes, servem como postos avançados, intermediários e etc;

*Em caso de chuvas torrenciais torna-se ineficaz e até perigoso pela ausência de para-raios; (situações comuns no verão);



*É importante que sejam colocados banheiros no arredor do posto e que esse espaço seja protegido por cerca, caso contrário os populares farão uso na Ausência dos Gv's.

* É de grande importância o abastecimento desses postos com pelo menos uma saída de água puxada da rua;

* O Banheiro e a água são importantes para a permanência do militar no posto caso contrário o mesmo permanecerá em dificuldades para o exercício das necessidades fisiológicas;

* A cerca no entorno do posto se faz necessária para a proteção do próprio material de Salvamento;

segunda-feira, 14 de abril de 2014

Para suprimir debate sobre desmilitarização, Polícia Militar de São Paulo adota discurso radical e insinua que críticos são comunistas

A PM-SP revela sua ideologia em nota oficial

Em nota oficial enviada ao portal UOL e publicada nesta terça-feira 9, a Polícia Militar de São Paulo deixou claro que seu comando está alinhado ideologicamente com um dos discursos mais extremistas da política brasileira. É uma revelação espantosa, pelo conteúdo, que resvala com o autoritarismo, e pela forma como foi feita.

A nota oficial da PM-SP é uma resposta ao coronel reformado Adilson Paes de Souza, que em entrevista ao portal disse acreditar que a PM-SP trata parte da população brasileira como um potencial inimigo, assim como ocorria na ditadura. O comentário de Souza é uma referência aos altos índices de violência da Polícia Militar, em especial nas regiões periféricas das cidades brasileiras.

A PM-SP rebateu a afirmação de Souza com números de sua atuação (prisões, apreensões, atendimentos sociais e resgates) e afirmou ter uma organização de “polícia comunitária”. Disse possuir programas elogiados de tiro defensivo e combate às drogas e questionou a autoridade de Souza para debater o assunto. Para a PM-SP, o coronel reformado e outros especialistas que criticam a estrutura militar da corporação são comunistas. O termo não está presente no texto, mas fica claro nas entrelinhas. “Muito provavelmente a resposta esteja em outro século e em outro continente, nascida da cabeça de alguém que pregou a difusão de um modelo hegemônico, que se deve construir espalhando intelectuais em partidos, universidades, meios de comunicação. Em seguida, minando estruturas básicas e sólidas de formação moral, como família, escola e religião. Por fim, ruindo estruturas estatais, as instituições democráticas”, diz a PM-SP.

O raciocínio contido neste parágrafo é o mesmo presente nas declarações extremistas ouvidas durante as Marchas da Família do último mês de março, que defenderam um novo golpe militar no Brasil com base em um suposto “perigo comunista”. A mesma tese é defendida pelos parlamentares da família Bolsonaro, conhecidos radicais, e por seu ideólogo, Olavo de Carvalho, o messias da ideia de que o “marxismo cultural” constitui uma força hegemônica na sociedade e política brasileiras. A referência crítica, na nota da PM-SP, ao trabalho do pensador italiano Antonio Gramsci é a conexão óbvia com Carvalho.

Ao ironizar a condição de especialista de Souza e atribuir a ele e outros analistas a pecha de comunistas, o comando da PM-SP tem dois objetivos: deslegitimar seus críticos e suprimir o debate a respeito da desmilitarização da instituição, que entrou na pauta após a dura repressão ocorrida nas manifestações de junho.

O comando da Polícia Militar de São Paulo afirma que age contra policiais bandidos e tem exonerado centenas deles (349 em 2013). Está um tanto claro, entretanto, que este trabalho não é suficiente. Segundo o Núcleo de Estudos da Violência da USP, entre 1993 e 2011 ao menos 22,5 mil pessoas foram mortas em confronto com as polícias de São Paulo e Rio de Janeiro, uma média de três pessoas por dia. A população percebe essa situação. Em 2011, uma pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mostrou que, em nenhum região do País, mais de 6% da população diz “confiar muito” no trabalho das polícias. Na região Sudeste, o índice fica em 3%.

Há um consenso entre os especialistas, estes que a PM ironiza, de que as causas desses números são a estrutura militar da corporação, a tradição de policiamento agressivo existente no Brasil e a política de tratar problemas sociais, como a questão das drogas, como problema de polícia. Neste contexto, os policiais também são vítimas. Muitas vezes despreparados, como ficou claro nas manifestações de junho, eles vão às ruas para lidar com “inimigos”, exatamente como afirma o coronel Souza na entrevista que gerou indignação do comando da PM-SP.

Quem defende a desmilitarização da polícia, ou ao menos uma profunda reforma na instituição, não deseja acabar com a instituição, demitir todos os policiais e deixar a população desprotegida. Ao contrário, a intenção é justamente tornar mais efetivo e menos letal o policiamento na sociedade brasileira, especialmente quando este divide cidadãos em classes diferentes, com tratamento diversos. Se o comando da PM conseguisse ouvir e dialogar com seus críticos, e não trata-los como inimigos comunistas (o que apenas reforça o argumento do coronel Souza), todos teriam a ganhar.

Confira a íntegra da nota da PM, divulgada pelo UOL:

O PROCESSO DEMOCRÁTICO E O PODER DA ARTICULAÇÃO POLÍTICA ATRAVÉS DO DIÁLOGO

via e-mail

DURANTE TODA A HISTÓRIA BRASILEIRA A POPULAÇÃO SOFREU COM O DOMÍNIO DOS ESTRANGEIROS (PORTUGUESES, HOLANDESES, ESPANHÓIS, INGLESES, FRANCESES, AMERICANOS, RUSSOS...), DOS CORONÉIS DA DITADURA MILITAR, DOS SENHORES CORONÉIS DO NORDESTE, DOS POLÍTICOS FEUDAIS, DOS EMPRESÁRIOS, DOS SENHORES DO CAFÉ, DO CAPITAL ESTRANGEIRO, DOS POLÍTICOS HEREDITÁRIOS DO BRASIL, DAS DOENÇAS, DA FALTA DE EDUCAÇÃO, DA INJUSTIÇA E DA INSEGURANÇA NACIONAL.


EM 2011

SURGE NO RIO DE JANEIRO UM LÍDER NATO DEMOCRÁTICO E COLETIVO, O CB DACIOLO, BOMBEIRO MILITAR DO RIO DE JANEIRO, QUE UTILIZA DO SEU PODER DE ARTICULAÇÃO E DIÁLOGO PARA CONQUISTAR OS BENEFÍCIOS PARA OS BOMBEIROS E POLICIAIS DO RJ, ATRAVÉS DA LUTA DO MOVIMENTO SOS BOMBEIROS.

É IMPORTANTE DIZER QUE EM TODO PROCESSO DE MOBILIZAÇÃO DOS BOMBEIROS FOI INCANSÁVEL A BUSCA PELO DIÁLOGO COM O CHEFE DO EXECUTIVO, SEUS ASSESSORES E PARLAMENTARES DE TODOS OS PARTIDOS. 


NÃO SOMOS PARTIDO POLÍTICO, NÃO ESTAMOS VENDIDOS OU PRESOS A NENHUM POLÍTICO OU PARTIDO, SOMOS UM GRUPO DE SERVIDORES PÚBLICOS PEDINDO DIGNIDADE PARA NÓS E NOSSA FAMÍLIA.

NO PROCESSO DEMOCRÁTICO O PRINCIPAL INSTRUMENTO É O DIÁLOGO ENTRE AS PESSOAS E A ARTICULAÇÃO EM BUSCA DOS OBJETIVOS FAVORÁVEIS.

A CONVERSA COM AS DIVERSAS LIDERANÇAS, PARLAMENTARES, SECRETÁRIOS E OUTROS SEGUIMENTOS NÃO NOS COMPROMETE COM NENHUMA LINHA PARTIDÁRIA EM DEFINITIVO, POIS DEVEMOS ESTAR ABERTO AO DIÁLOGO COM TODOS OS POSSÍVEIS CANDIDATOS ELEITOS, ESTAS PESSOAS PODERÃO SER RESPONSÁVEIS POR NOSSA TÃO SONHADA DIGNIDADE.

O DIÁLOGO É E SEMPRE SERÁ A NOSSA ARMA NA LUTA PERMANENTE POR DIGNIDADE.

JUNTOS SOMOS FORTES  

DENTRE OS PROBLEMAS DO BRASIL, A VIOLÊNCIA DESENFREADA E O MAIOR DELES

Mas hoje, o mais grave, atual e difícil problema do Brasil É A CRIMINALIDADE E A VIOLÊNCIA FORA DE CONTROLE. ESTÁ UM PERIGO VIVER NO BRASIL, QUE, ALÉM DE CARO, MUITO CARO, MUITOS IMPOSTOS ETC, NÃO TEM UM SERVIÇO PÚBLICO QUE FUNCIONE OU PRESTE, TORNOU-SE UM PAÍS VIOLENTÍSSIMO, MUITO VIOLENTO E PERIGOSO DE SE VIVER, PODENDO UMA PESSOA MORRER ASSASSINADA POR ASSALTO OU OUTRA VIOLÊNCIA QUALQUER A QUALQUER TEMPO E EM QUALQUER LUGAR.
..

A EDUCAÇÃO FOI SUCATEADA E NÃO TEM MAIS JEITO. A SAÚDE FOI SUCATEADA E NÃO TEM MAIS JEITO. O JUDICIÁRIO FOI ´"COMPRADO" E É MANIPULADO PELO EXECUTIVO ... MAS A SEGURANÇA É O MAIOR DE TODOS OS PROBLEMAS HOJE ENFRENTADO PELOS BRASILEIROS, POIS OS BANDIDOS E CRIMINOSOS ESTÃO TOCANDO O TERROR EM TODAS AS CIDADE DO BRASIL, A CRIMINALIDADE E A VIOLÊNCIA NO BRASIL ESTÁ FORA DE CONTROLE. E O MAIS GRAVE: NENHUM ADOLESCENTE OU JOVEM DE PERIFERIA QUER MAIS ESTUDAR OU TRABALHAR, MAS SIM QUER SER BANDIDO, FORMANDO ASSIM UM EXÉRCITO DE MENORES BANDIDOS E CRIMINOSOS VIOLENTOS FORA DE CONTROLE, POIS MATAR OU MORRER PARA ELES NÃO TÊM SIGNIFICADO ALGUM, EIS QUE ESTÃO DESCRENTES DAS POLÍCIAS, DESCRENTES DAS LEIS, DESCRENTES DOS POLÍTICOS, DESCRENTES DO ESTADO ...  ENFIM, ESTÃO DESCRENTES DE TUDO E ESTÃO ATERRORIZANDO O BRASIL.
..
ESTAMOS EM PLENA GUERRA CIVIL E A POLÍCIA, MAL ESTRUTURADA E DESPREPARADA, TAL QUAL A PM, ESTÁ ATOLADA EM ENVOLVIMENTOS COM O CRIMES, COM POLÍTICOS E COM BANDIDOS. OBSERVEM, NA MAIORIA DAS VEZES, ATRÁS DE TODO CRIME CRUEL TEM SEMPRE POLICIAIS MILITARES ENVOLVIDOS. PODEMOS CITAR O CASO DA JUÍZA DA 4ª VARA CRIMINAL DE SÃO GONÇALO, A MORTE DO JORNALISTA EM MIGUEL PEREIRA, O DE CELSO DANIEL E OUTROS E OUTROS MAIS, PARECE QUE A PM ESTÁ DISPUTANDO COM OS BANDIDOS QUEM DOMINA O CRIME, NÃO QUE A PM QUEIRA COMBATÊ-LO. VEJA OS CASOS DE MILÍCIAS, QUE SÃO FORMADAS POR POLICIAIS EXPULSOS E POLICIAIS MILITARES DA ATIVA, ESSES TODOS CRIMINOSOS, BANDIDOS E SERVINDO AO CRIME PELO CRIME. TUDO CHANCELADO POR POLÍTICOS, QUANDO NÃO ELES MESMOS, OS BANDIDOS, VIRAM POLÍTICOS E ASSIM TOMAM O ESTADO POR DENTRO, TIPO A MÁFIA.., .
.
E OS PRESÍDIOS SÃO BOMBAS RELÓGIOS QUE PODEM EXPLODIR A QUALQUER MOMENTO!!!
.
ESTAMOS CORRENDO RISCO DE MORTE TODO INSTANTE: EM CASA, NA RUA, NOS SINAIS, NOS CONDOMÍNIOS, DENTRO DOS ÔNIBUS, DENTRO DOS CARROS, NO PORTÃO DE CASA, NOS BANCOS, EM QUALQUER ESQUINA OU LUGAR. ATÉ DENTRO DE CASA HÁ INSEGURANÇA, PAVOR, MEDO, IMINÊNCIA DE ASSALTO E ASSASSINATO, QUE HOJE VIROU ROTINA, E AS POLÍCIAS NÃO APURAM NADA, ATÉ PORQUE ESTÃO SUCATEADAS, DESMOTIVADAS, DESMORALIZADAS, DOMINADAS, MANIPULADAS  E  MISTURADAS AOS BANDIDOS E AOS POLÍTICOS.
.
.A IMINÊNCIA DE MORTE POR ASSALTO E ASSASSINATO, EM QUALQUER MOMENTO E EM QUALQUER LUGAR, HOJE, VIROU ROTINA. VOCÊ HOJE TEM QUE REZAR NÃO PARA SALVAÇÃO DA ALMA, MAS SIM PARA SAIR DE CASA VIVO E VOLTAR VIVO, CADA DIA.
MEUS DEUS, EM QUE OS POLÍTICOS TRANSFORMARAM ESTE PAÍS???

ADEMIR

domingo, 13 de abril de 2014

GV: Garoto Propaganda e "OUTDOOR AMBULANTE"


O Seriado dos Guarda Vidas - Parte 4


Governador do Estado do Rio de Janeiro, Pezão, Secretário de Estado de Defesa Civil e Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, Cel BM Sérgio Simões os Bombeiros Militares Guarda Vidas PERGUNTAM:
- Cadê o contrato que permite a PETROBRAS / CEDAE fazerem da farda do Bombeiro um "outdoor ambulante"?

Não somos garotos-propaganda,
nem "outdoors ambulantes"! 
 CHEGA!
O Deputado Estadual Wagner Montes criou um projeto de lei que autoriza a veiculação de anúncios publicitários nos uniformes e fardas de polícias Civil, Militar, oficiais do Corpo de Bombeiros e agentes do Departamento do Sistema Penitenciário (Desipe). Em troca: meio salário mínimo (R$ 272,50). Ele até tentou votar o projeto de lei, mas desistiu.






Quando algum Deputado da ALERJ vai regulamentar a veiculação de anúncios publicitários que existem há anos nos uniformes e fardas dos militares do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro? 

Cada Bombeiro tem seu direito de uso da imagem violado, (conforme dispõe o art. 20 do Código Civil), uma exploração indevida e desautorizada da imagem.

A Petrobras em 2009 firmou dois contratos onde a empresa BAYWACHT é a contratada. No primeiro o objeto do contrato é o PROJETO DO GRUPAMENTO MARÍTIMO DO CBMERJ (R$ 770.000,00); no segundo, PATROCÍNIO: BOTINHO 2010 (R$ 1.720.595,00). TOTAL: R$ 2.490.595.00.
E se a PETROBRAS pagasse meio-salário mínimo (272,50) para 1.000 (Mil) Bombeiros, que já carregam anúncio publicitário na farda, teria um gasto anual de R$3.270.000,00. Um gasto pífio, perto dos contratos que a PETROBRAS mantém!

4850010002319BAYWATCH COMUNICACAO PROMOCOESPROJETO DO GRUPAMENTO MARÍTIMO DO CBMERJ
Inexigibilidade, Dec23.12.200918.10.201003336345000109#R$ 770.000,00
4860010002319BAYWATCH COMUNICACAO PROMOCOESPATROCÍNIO: BOTINHO 2010
Inexigibilidade, Dec22.12.200921.12.201003336345000109#R$ 1.720.595,00
FONTE: http://www2.petrobras.com.br/materiaishtm/contratos_servicos/Documents/SPB_MM_WEB_SITE_1000_S_00046.htm


Esse dinheiro todo para sunga, camiseta, abrigo completo e barracas? De que forma esse dinheiro foi e é administrado?

Que projeto do GMar é esse? Cadê o contrato que permite a PETROBRAS e a CEDAE fazerem da farda do Bombeiro um "outdoor ambulante"?



Perguntas que não querem calar...


JUNTOS SOMOS FORTES!
A ARMA DO FORTE É A CORAGEM!
SEM LUTA NÃO HÁ VITÓRIA!

Favela da TELERJ - Questionar é preciso!



Tanta gente sem casa... E tanta casa sem gente...



A FAVELA DA TELERJ RESISTE!
Famílias sem ter onde morar permanecem acampadas em frente à Prefeitura do Rio aguardando diálogo. Por aqui, apenas a Guarda Municipal filmando (??) a todos. O acampamento precisa de:

- Doações de água, fralda, leite, fruta, comida, etc. São muitas crianças.
- Apoio em geral, para atividades culturais inclusive.

sábado, 12 de abril de 2014

APOSENTADORIA ESPECIAL COM 25 ANOS APROVADA NO STF

Aprovada súmula vinculante sobre aposentadoria especial de servidor público


O Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou nesta quarta-feira (9), por unanimidade, a Proposta de Súmula Vinculante (PSV) 45, que prevê que, até a edição de lei complementar regulamentando norma constitucional sobre a aposentadoria especial de servidor público, deverão ser seguidas as normas vigentes para os trabalhadores sujeitos ao Regime Geral de Previdência Social. O verbete refere-se apenas à aposentadoria especial em decorrência de atividades exercidas em condições prejudiciais à saúde ou à integridade física dos servidores. Quando publicada, esta será a 33ª Súmula Vinculante da Suprema Corte.

A PSV foi proposta pelo ministro Gilmar Mendes em decorrência da quantidade de processos sobre o mesmo tema recebidos pelo STF nos últimos anos, suscitando, na maior parte dos casos, decisões semelhantes em favor dos servidores. Segundo levantamento apresentado pelo ministro Teori Zavascki durante a sessão, de 2005 a 2013, o Tribunal recebeu 5.219 Mandados de Injunção – ação que pede a regulamentação de uma norma da Constituição em caso de omissão dos poderes competentes – dos quais 4.892 referem-se especificamente à aposentadoria especial de servidores públicos, prevista no artigo 40, parágrafo 4º, inciso III, da Constituição Federal.

A Procuradoria Geral da República se posicionou favoravelmente à edição da súmula. Em nome dos amici curiae (amigos da corte), falaram na tribuna representantes da Advocacia-Geral da União, do Sindicato dos Médicos do Distrito Federal, da Associação Nacional dos Médicos Peritos da Previdência Social e do Sindicato dos Professores das Instituições de Ensino Superior de Porto Alegre e Sindicato dos servidores do Ministério da Agricultura no RS.

O verbete de súmula terá a seguinte redação: “Aplicam-se ao servidor público, no que couber, as regras do Regime Geral de Previdência Social sobre aposentadoria especial de que trata o artigo 40, parágrafo 4º, inciso III, da Constituição Federal, até edição de lei complementar específica.”

Fonte: STF