sábado, 20 de setembro de 2014

PARABÉNS A TODOS, CONTINUAMOS FIRMES E UNIDOS, JÁ SOMOS VENCEDORES













Senhores, estão faltando 15 dias para as eleições, vamos juntos, com essa alegria, com essa harmonia, com esse amor, fazer o melhor de nós para que o nosso Porta-voz o Cabo Daciolo possa mostrar em números o tamanho da nossa força.

Solicite aqui neste LINK (http://www.daciolo.com/p/agenda.html) o seu material de campanha, cartões, adesivos e panfletos, e saia as ruas com orgulho de fazer parte de um movimento que está vivo e que continuará lutando por DIGNIDADE.

Conquiste o voto dos seus amigos, vizinhos e familiares para o nosso Porta-voz que continua o mesmo de 03 anos atrás, íntegro, sonhador, autônomo e servo de um Deus vivo.

Juntos Somos Fortes!
Nem um passo daremos atrás

CABO DACIOLO
DEPUTADO FEREAL
5020

VEM! VEM! VEM!


sexta-feira, 19 de setembro de 2014

DESCOMANDO NO CFAP - A QUE PONTO ELE CHEGOU, POR CAUSA DA PROMOÇÃO !!!

     Um costume recente , tem se instalado no âmbito do oficialato superior , aqueles que "dançam conforme à música", conseguem a tão sonhada promoção e se tornam CORONEL do CBMERJ, e em nome desse ANSEIO, os "maus oficiais" fazem de tudo para serem promovidos , enquanto os BONS são esquecidos e preteridos, é só listar a antiguidade e veremos quantos deveriam receber a  promoção mas foram ultrapassados por oficiais mais modernos.

     Um belo exemplo do que estamos falando está acontecendo no CFAP, que tem como comandante o TEN. CEL LARANJEIRAS, inconformado com o atraso na sua promoção (algo motivado por ter sido alvo de denuncia séria, algum tempo atrás ), resolveu "MORALIZAR" o CFAP e mostrar serviço para o secretário a fim de receber a tal promoção, porém, como ao nosso ver, trata-se de um oficial despreparado, arrogante e de "MORAL DUVIDOSA", o mesmo vem cometendo uma série de desmandos no CFAP, causando insatisfação geral (OFICIAIS e PRAÇAS) do efetivo do CFAP. Os militares não estão suportando, tanto o "ASSÉDIO MORAL"  quanto as COVARDIAS cometidas por este Senhor que quer fazer de tudo para ser promovido antes da mudança de governo.

Passaremos a listar algumas das atrocidades e irregularidades cometidas por este "descomando":


  1. AMEAÇAS VERBAIS DURANTE AS REUNIÕES MENSAIS (gravações já foram feitas);
  2. AMEAÇA DE CORTAR O PROEIS E AINDA PIOR, CORTAR A CONCESSÃO DE FOLGAS (Desrespeito total aos direitos dos militares);
  3. AMEAÇA DE PUNIÇÃO GEOGRÁFICA: (Bombeiro não sabe realizar serviço de Eletricista, ele avisa: SE VOCÊ NÃO SERVE EU VOU TE TROCAR, palavras do descomandante"; 
  4. APLICAÇÃO DE PUNIÇÃO ARBITRÁRIA EX.: "Bombeiro com inspeção de saúde marcada e com ofício de apresentação, recebeu REPREENSÃO por que faltou o expediente da parte da manhã enquanto fazia a inspeção", " Bombeiro saindo de serviço de 24h foi folgar, recebeu memorando e foi REPREENDIDO" e outros.....
  5. ORDENOU MUDANÇA NA ESCALA DE SERVIÇO SEM LEVAR EM CONSIDERAÇÃO A ANTIGUIDADE, TUDO PARA BENEFICIAR QUEM ELE QUERIA;
  6. O EFETIVO TEM HORÁRIO PARA ENTRAR PORÉM NÃO TEM HORÁRIO PARA FOLGAR, E NEM TEM COMPENSAÇÃO PELAS HORAS EXTRAS TRABALHADAS;
  7. ACÚMULO DE FUNÇÃO É EXTENSO, O MESMO MILITAR TEM QUE FAZER TUDO PARA O DESCOMANDO;
AGORA SE PREPAREM PARA O PIOR, SE TUDO QUE RELATAMOS NÃO BASTASSE, RECEBEMOS DUAS GRAVES DENÚNCIAS:

PRIMEIRA: "Esse descomando tem  LIBERADO instrutores (selecionados) do pessoal do CFAP para ministrar AULAS  na SUA EMPRESA" (Pode isso arnaldo?? quer dizer, Cel Simões???) onde está a ÉTICA, DECORO E PUNDONOR? o CFAP NÃO É O EXEMPLO ??? 
SEGUNDA: " A ordem do descomandante Laranjeiras é para os instrutores PREJUDICAREM OS COMPANHEIROS, por isso provas difíceis, de duvidosa compreensão, entretanto, PASMEM ! quando CHEGA um (PEDIDO LÁ DE CIMA) tem que ser ATENDIDO NA HORA, EX.: CEFC TEVE GENTE BENEFICIADA E O ASSUNTO ROLA SOLTO NO CFAP. 

CORONEL SIMÕES O EFETIVO DO CFAP ESTÁ SENDO MASSACRADO, A INSATISFAÇÃO É GERAL ENTRE OFICIAIS E PRAÇAS.

PODEMOS ENTENDER QUE O SENHOR NÃO TOME NENHUMA PROVIDÊNCIAS PARA DEFENDER O EFETIVO, MAS CONSENTIR NAS IRREGULARIDADES COMETIDAS PELO DESCOMANDANTE LARANJEIRAS, NO ASSÉDIO MORAL, NA IMPROBIDADE, NA CERTEZA DE IMPUNIDADE AO DESVIAR MILITARES PARA TRABALHAR NA TAL EMPRESA E ETC.... 

FONTE: VIA E-Mail
ESPERAMOS PROVIDÊNCIAS, ESTAMOS EM ÉPOCA ELEITORAL E ISSO NÃO É NADA BOM PARA O ATUAL GOVERNO E AINDA MACULA O SEU COMANDO SECRETÁRIO.
QUE EMPRESA É ESSA CITADA NA DENÚNCIA ???
ALÔ MINISTÉRIO PÚBLICO !
ALÔ SECRETÁRIO DE DEFESA CIVIL !
ALÔ GOVERNADOR PEZÃO, O CFAP ESTÁ SEM COMANDO !!!!! 

RETRATAÇÃO AOS MILITARES DA ZONA SUL - FORÇA E HONRA


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

FALTAM 03 DIAS

SANCIONADA A APOSENTADORIA ESPECIAL DO SERVIDOR PÚBLICO

ATOS DO PODER LEGISLATIVO
LEI COMPLEMENTAR Nº 161 DE 15 DE SETEMBRO DE 2014
REGULAMENTA O INCISO III, DO § 4º, DO ART. 40, DA CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA, NO TOCANTE À APOSENTADORIA DO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL QUE EXERÇA AS SUAS ATIVIDADES SOB CONDIÇÕES ESPECIAIS QUE PREJUDIQUEM A SAÚDE OU AINTEGRIDADE FÍSICA.
O GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
Faço saber que a Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º - É assegurada a concessão de aposentadoria voluntária pelo Regime Próprio de Previdência Social do Estado do Rio de Janeiro, com proventos integrais, aos servidores que tenham exercido atividades que prejudiquem a saúde ou a integridade física pelo tempo mínimo de 25 (vinte e cinco) anos de trabalho e contribuição, observadas as seguintes condições:
I- 10 (dez) anos de efetivo exercício no serviço público; e II - 5 (cinco) anos no cargo efetivo em que se dará a aposentadoria especial.
Parágrafo Único - O cálculo e a fixação dos proventos de aposentadoria, bem como a sistemática de seus reajustes, obedecerão às regras previdenciárias vigentes no momento em que se adquira o direito à aposentadoria.
Art. 2º - Caracterizam-se como condições especiais que prejudicam a saúde ou a integridade física, para os fins desta Lei Complementar, a efetiva e permanente exposição a agentes físicos, químicos, biológicos individualmente ou por associação desses agentes.
§ 1º- Considera-se trabalho permanente, para efeito deste artigo, aquele que é exercido de forma não ocasional nem intermitente, no qual a exposição do servidor ao agente nocivo seja indissociável da produção do bem ou da prestação do serviço.
§ 2º- A efetiva e permanente exposição aos agentes nocivos referidos no caput será comprovada, conforme ato do Poder Executivo, mediante documento que informe o histórico laboral do servidor, emitido pelos órgãos competentes do Governo Estadual, com base em avaliações periódicas do ambiente de trabalho.
§ 3º O cômputo do tempo como especial cessa com o fim do exercício da atividade em que ocorre a exposição aos agentes nocivos, ou pela redução da exposição ao limite de tolerância estabelecido nas normas de segurança e higiene do trabalho.
Art. 3º - Para os fins desta Lei Complementar, serão considerados como tempo de atividade sob condições especiais, além do disposto no art. 2º, os períodos de afastamento mencionados no art. 11 do Decreto-Lei nº 220/75 não superioresa6 (seis) meses, desde que, na data do afastamento, o servidor estivesse exercendo atividades nessas mesmas condições.
Art. 4º - Aplicam-se ao regime de aposentadoria especial previsto nesta Lei Complementar a contagem recíproca do tempo de contribuição na condição de segurado relativo à filiação ao Regime Geral de Previdência Social, a regime próprio de previdência de outra unidade da Federação ou a regime de previdência militar, devendo os regimes compensar-se financeiramente, desde que o servidor comprove, junto aos órgãos competentes do Governo do Estado do Rio de Janeiro, que a contribuição foi recolhida em razão de atividades exercidas na forma mencionada no artigo 2º.
Art. 5º - A redução do tempo de contribuição prevista nesta Lei Complementar não poderá ser acumulada com nenhuma outra redução permitida em razão de outras especificidades das funções exercidas, ou mesmo em razão de ser o segurado portador de deficiência.
Art. 6º - O disposto nesta Lei Complementar não implica afastamento do direito de o servidor se aposentar segundo as regras gerais, especiais ou de transição, sendo vedada a utilização de quaisquer fatores de conversão.
Art. 7º - O tempo de atividade sob condições especiais prestado antes da entrada em vigor desta Lei Complementar poderá ser comprovado mediante outros elementos que não os estabelecidos no § 2º do art. 2º, observado o procedimento de justificação a ser regulamentado em ato do Poder Executivo.
Parágrafo Único - Não será admitida a comprovação de tempo de serviço público sob condições especiais por meio de prova exclusivamente testemunhal ou com base no mero recebimento de adicional de insalubridade ou equivalente.
Art. 8º - O Poder Executivo regulamentará esta Lei Complementar no prazo de 90 (noventa) dias, contados da data de sua publicação.
Art. 9º - Esta Lei Complementar entrará em vigor na data de sua publicação.
Rio de Janeiro, 15 de setembro de 2014

FONTE: DOERJ

Corpo de Bombeiros de São Paulo abre seleção para 800 vagas

Oportunidades são para guarda-vidas.
Candidatos devem ter nível fundamental completo. 

Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo

Inscrições Até 27 de novembro Vagas 800 Salário Não informado Taxa Não há Provas 28 de novembro


O Corpo de Bombeiros da Polícia Militar do Estado de São Paulo abriu processo seletivo para 800 vagas de guarda-vidas por tempo determinado. O salário não foi informado.

No site do Corpo de Bombeiros de SP, é possível ver o edital(acesse o edital).

Para participar da seleção, é necessário ter idade igual ou superior a 18 anos e nível fundamental completo.

São 60 vagas na Ilha Comprida, 20 em Iguape, 60 em Peruíbe, 90 em Itanhaém, 90 em Mongaguá, 100 em Praia Grande, 30 em São Vicente, 20 em Santos, 60 no Guarujá, 60 em Bertioga, 54 em São Sebastião, 20 em Ilha Bela, 26 em Caraguatatuba, 60 em Ubatuba e 50 em São Paulo (Guarapiranga).

As inscrições podem ser feitas até o dia 27 de novembro pelo site www.ccb.policiamilitar.sp.gov.br. Não há cobrança de taxa.

Os candidatos também podem se inscrever em uma das unidades do Corpo de Bombeiros listadas no edital, das 9h às 18h.

A prova de habilidades físicas será aplicada na data provável de 28 de novembro, a partir das 10h. A prova consiste em correr/andar um percurso de 1.000 (mil) metros na areia da praia/represa (ou local similar), dentro do tempo máximo de 8 minutos, e nadar 200 metros em piscina, qualquer estilo, sem meios auxiliares, em um tempo aferido. Se extrapolar o tempo máximo de 6 minutos, o candidato será desclassificado.

O processo seletivo terá validade até 30 de abril de 2014.

Fonte: GLOBO

GUARDA-VIDAS RIO DE JANEIRO
NÚMERO UM DO MUNDO NINGUÉM TOMA O SEU LUGAR

CADÊ O CONCURSO PÚBLICO?

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Auxílio transporte para policiais militares pode triplicar

Se proposta de deputado for aprovada, auxílio transporte de policiais pode triplicar Foto: Rafael Moraes (foto de arquivo) / Agência O Globo


A proposta que triplica o valor do auxílio transporte pago a policiais militares já pode entrar em votação na Assembleia do Rio. A indicação legislativa do deputado Flávio Bolsonaro (PP) recebeu, na semana passada, os pareceres favoráveis da Casa Civil e da Secretaria de Segurança (Seseg).

"A majoração estaria em maior harmonia com a realidade dos servidores, e os reajustes operados nas tarifas de transporte público", diz o texto assinado pelo assessor jurídico-chefe da Seseg, Leonardo Orsini.

Se aprovada em plenário pelos parlamentares e, depois, pelo governador ( e também candidato) Luiz Fernando Pezão (PMDB), o benefício daria um salto de R$ 100 para R$ 300.

O ofício, com a indicação legislativa 2882/2014, foi enviado ao governo pela Alerj no dia 5 de fevereiro deste ano. As respostas com os pareceres técnicos foram emitidos pela Seseg no dia 25 de agosto e, pela Casa Civil, no dia 1º de setembro.

Alguém duvida do poder eleitoral da proposta?

Fonte: EXTRA

NOVAS INSTALAÇÕES, VELHOS PROBLEMAS


ESTE É O SARGENTO OTACÍLIO DBM 1/13, NO MOMENTO ENCONTRA-SE NA UTI DO HOSPITAL ESTADUAL ROCHA FARIA, PRECISANDO DE TRANSFERÊNCIA PARA O PROCEDIMENTO DE CATETERISMO NO HOSPITAL DO CORAǘAO EM LARANJEIRAS.

MAIS UMA VEZ A ORIENTAÇÃO AOS PROFISSIONAIS DE SAÚDE DAQUELA UNIDADE VÃO CONTRA TODA E QUALQUER NORMA OU JURAMENTO FEITO NA HORA DA FORMATURA DAQUELES PROFISSIONAIS.

SEM ASSITÊNCIA DE SEU COMANDANTE E NEM DE NENHUM OUTRO ÓRGÃO DO BOMBEIRO, APENAS A EQUIPE MÉDICA DO HERF, ÚNICOS A NÃO MEDIR ESFORÇOS PARA CONSEGUIR UMA VAGA NO HOSPITAL DO CORAÇÃO EM LARANJEIRAS.

VAMOS PARAR DE ABANDONAR NOSSOS HOMENS!!!

SOMOS TODOS BOMBEIROS



Assista O VÍDEO! Cabo DACIOLO 5020