quinta-feira, 14 de agosto de 2014

CHEGA DE ESCRAVIDÃO

AMIGOS E AMIGAS, O CABO DACIOLO TEM ANDADO POR TODO O ESTADO LEVANDO SUA FÉ, SUAS PROPOSTAS E SEUS PROJETOS PARA OS DIVERSOS SETORES QUE REALIZARAM LUTAS POR CONDIÇÕES DIGNAS DE TRABALHOS E REIVINDICAÇÕES SALARIAIS.



E DURANTE ESTA CAMINHADA UMA CLASSE DE TRABALHADORES, DA INSTITUIÇÃO CO-IRMÃ, VEIO AO SEU ENCONTRO E LHE TROUXE UMA LUTA QUE JÁ ERA CONHECIDA, JÁ FOI GRITADA POR NÓS, MAS QUE APESAR DAS TENTATIVAS NENHUMA MEDIDA FOI TOMADA.

TRATA-SE DA ESCALA DESUMANA DE SERVIÇO DA PMERJ, ONDE UM MILITAR PODE FICAR SUBMETIDO A UMA ESCALA 24X24, 24X48, 12X24, 12X48 ALÉM DE DIVERSAS OUTRAS ESCALAS, EM QUE NÃO É RESPEITADA A RESOLUÇÃO SSP 510/2002 DE 44 HORAS DE TRABALHO SEMANAIS, E O QUE É PIOR, SEM A DEVIDA REMUNERAÇÃO.


O CABO DACIOLO ENTÃO ENCAMINHOU UMA DENÚNCIA AO COODENADOR DE DIREITOS HUMANOS DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO (MPRJ), MÁRCIO MOTHÉ, NO DIA 12 DE AGOSTO, INFORMANDO E SOLICITANDO PROVIDÊNCIAS SOBRE O CASO.


BRASÍLIA

PARA QUE A GRAVIDADE DA SITUAÇÃO SEJA TRATADA COM A DEVIDA URGÊNCIA, POIS A SOBRECARGA DE TRABALHO ATINGE NÃO SÓ AO CIDADÃO TRABALHADOR COMO TAMBÉM A TODOS OS CIDADÃOS QUE CLAMAM POR UMA SEGURANÇA PÚBLICA DO ESTADO EFICAZ E DE QUALIDADE, A MESMA DENÚNCIA FOI ENCAMINHADA NO DIA 13 DE AGOSTO A SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, AOS CUIDADOS DO DR. BRUNO RENATO, OUVIDOR NACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS.

A EXPECTATIVA AGORA, É DE QUE A DENÚNCIA VIRE UM PROCESSO, ATRAVÉS DA ANÁLISE DO OFÍCIO, DA ANÁLISE DAS 48 CÓPIAS DE ESCALAS DE SERVIÇO DA PMERJ, DA ANÁLISE DA PETIÇÃO PÚBLICA CRIADA PELO CABO WÁGNER LUÍS E PELO CABO DACIOLO, COM MAIS DE 8.000 ASSINATURAS, E QUE POSSAM SER FEITAS DILIGÊNCIAS ESTADUAIS E FEDERAIS NAS DIVERSAS UPPs E UNIDADES DA PMERJ PARA CONSTATAÇÃO DOS FATOS.

SEGUE ABAIXO O OFÍCIO PROTOCOLADO NO MP E NA SECRETARIA NACIONAL DE DIREITOS HUMANOS, ALÉM DO PRINT DA PETIÇÃO PÚBLICA COM MAIS DE 8.000 ASSINATURAS.






O NOSSO DEUS É O DEUS DAS CAUSAS IMPOSSÍVEIS

5 comentários:

  1. DACIOLO, NÃO PRECISA USAR A RELIGIÃO PARA CONSEGUIR VOTOS. VOCÊ JÁ ESTA ELEITO. DEUS E POLÍTICA NÃO COMBINAM, SEJA VOCÊ MESMO. E SEGUIRA EM FRENTE. JÁ ESTAMOS CHEIOS DE PASTORES, OU FALSOS PASTORES. POLITICA É POLITICA E RELIGIÃO E RELIGIÃO. BOA SORTE E QUE DEUS TE ABENÇOE.
    JUNTOS SOMOS FORTES!!!!!!!!!!!!!!!1

    ResponderExcluir
  2. É isso queremos hora para entrar e sair de serviço sem hora extra não pagas

    ResponderExcluir
  3. VC DACIOLO É O CARA SEM FALSAS PROMESSAS! MEU , SEU E NOSSO DEPUTADO FEDERAL . FORÇAS DACIOLO JUNTOS SOMOS FORTES ! SEPARADOS ELES GANHAM. SGT VIANNA.

    ResponderExcluir
  4. Caro Senhor anônimo do primeiro comentário, não é necessário em momento algum utilizar-se da religião para conseguir votos, o fato de se professar uma fé não deve ser omitido por aqueles que realmente tem bons objetivos. Com relação a parte que Deus e política não se combinam acredito ser um equívoco, até esta momento nunca vi uma religião que ensinasse a roubar, furtar, desviar, não estender a mão ao necessitado e muito mais, o problema esta na índole do ser Humano que muita das vezes se utiliza deste recurso para demonstrar ser algo que não é. Se falarmos na religião do Cabo acima e seguindo os preceitos deixados por Jesus acredito que todo político deveria ser sim religioso.
    Abraços e com o senhor mesmo disse; boa sorte e que Deus nos abençoe.

    ResponderExcluir
  5. Essa quadrilha que esta no Comando da PMERJ hoje, é a pior de todos os tempos não respeita nada, submetem os praças à condições desumanas. Mais eis que surge um irmão guerreiro para botar a cara, e pleitear melhores condições de tratamento.
    Valeu Daciolo!
    Ass. SGT PMERJ

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.