terça-feira, 21 de abril de 2015

ABMERJ denuncia desvio de função no GSE

Atendendo solicitação de seus associados, a ABMERJ protocolou no dia 06 de abril um Ofício ao Comandante do GSE, buscando o diálogo e a melhoria nas condições de trabalho de militares escalados nas atividades de emergências pré-hospitalares, técnicos e auxiliares de enfermagem, que vem sendo empenhados em atividades não condizentes com as atividades FIM das ambulâncias.

Além de higienizar, desinfectar, preparar toda uma relação de medicamentos e uma ambulância, para que o atendimento ocorra conforme ordena o protocolo de atendimento, esses militares, vem sendo forçados e subutilizados na limpeza e faxina nos quartéis onde estão baseados, como varrição, limpeza e lavagem de banheiros, deixando por diversas vezes o trabalho essencial comprometido.

Após a entrega deste Ofício, a ABMERJ não obteve retorno do GRUPAMENTO DE SOCORROS E EMERGÊNCIA - GSE, Unidade esta, que arregimenta e é responsável pelos Militares da Saúde do CBMERJ, porém, em algumas unidades, isoladamente, houve a suspensão da faxina aos militares da saúde, após a divulgação do ofício da Abmerj, entretanto, na maioria das unidades , a rotina de limpeza de banheiros e varrição de quartéis ainda sobrecarrega as guarnições das ambulâncias.

Por estes motivos, a ABMERJ vai solicitar ao seu Corpo Jurídico, juntamente com outros órgãos de saúde, a responsabilização das AUTORIDADES que determinam tais ordens absurdas, que nada condizem com as atividades de socorros de emergência.

Juntos Somos Fortes








40 comentários:

  1. É pode ser até justo o manifesto, porém ,existem poucos soldados na corporação......o que tb não seria justo é colocar sargentos no lugar dos cabos na faxina!
    Lembrando : os motoristas tb não querem fazer ,não tem soldados ,agora os da área da saúde tb não querem ,então coloquem os sargentos ! Sou 1ºSGT cursado com CFC e CFS e não faço faxina o regulamento diz q : Os Cabos e Soldados são essencialmente elementos de execução portanto é isso ....o correto seria uma outra sugestão p/ essa situação , eu q não farei faxina p/ soldados e cabos .....não me levem a mal !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cabe ao estado a manutenção dos prédios públicos, por acaso vc já se deparou com algum soldado da PMERJ FAZENDO FAXINA, temos que mudar o pensamento de que somos só país mandados, temos que reenvindicar sim nossos direitos, temos que ficar em quarda de quartéis de gandola debaixo de sol, serviço de comunicação, limpar vtr's, arrumar seções e ser responsabilizados por elas, fazer faxina e por último, que na impressão de nossos comandantes ser a menos importante, efetuar aquilo que nos mais engrandece, o Socorro, a emergência, a instinção de incendios dentre outros que aí sim são atividades fim.

      Excluir
    2. O mais viável na minha opinião, se puder, anônimo de 21 de abril das 21:14 horas, seria ter no caso de limpeza , uma firma contratada de limpeza para fazer este serviço assim como acontece no HCAP e na DGS.

      Vamos ajudar a construir um CBMERJ melhor de soldado ao coronel , sem ofensas, assim como a ABMERJ está fazendo é corretíssimo usando da democracia , sempre o diálogo em primeiro lugar.

      Forte abraço

      Juntos Somos Fortes

      Quintanilha ( HCAP )

      Excluir
    3. Eu também sou sargento amigo, mas não gostaria que um cabo do GSE fosse atender alguém da minha família depois de ter feito uma faxina no banheiro do quartel! Acho que você como sargento deveria conhecer a NGA que existe, com todos os motivos para os militares do do Gse não realizarem serviços como este

      Excluir
    4. Por causa de pessoas como você que ficam atoa 24h. E não querem fazer nada, que os militares da saúde que ja são sobrecarregados ficam fazendo faxina quando seu familiar precisar de um socorro com ferida aberta e o militar que estava lavando suas fezes no banheiro passar uma infecção pra ele você vai dar razão! Sargento cursado... pff..

      Excluir
  2. Desvio de função pra qq bombeiro!!

    ResponderExcluir
  3. Pacientes estão morrendo no hospital por infecção e nem desconfiam que a principal fonte de contaminação é a farda do profissional de saúde que é obrigado a realizar outras atividades que o deixam repleto de germes e bactérias.

    ResponderExcluir


  4. Sobre a NR32

    A NR 32 tem por finalidade estabelecer as diretrizes básicas para a implementação de medidas de proteção à segurança e à saúde dos trabalhadores dos serviços de saúde, bem como daqueles que exercem atividades de promoção e assistência à saúde em geral.

    Para fins de aplicação desta NR entende-se por serviços de saúde qualquer edificação destinada à prestação de assistência à saúde da população, e todas as ações de promoção, recuperação, assistência, pesquisa e ensino em saúde em qualquer nível de complexidade.


    A proteção aos riscos:

    Considera-se Risco Biológico a probabilidade da exposição ocupacional a agentes biológicos, as medidas de proteção devem ser adotadas a partir do resultado da avaliação, previstas no PPRA.

    Em todo local onde exista a possibilidade de exposição
    a agentes biológicos, devem ser fornecidas aos trabalhadores
    instruções escritas, em linguagem acessível, das rotinas realizadas no local de trabalho e medidas de prevenção de acidentes e de doenças relacionadas ao trabalho.

    Toda a capacitação deve ser oferecida ao trabalhador, o empregador deve comprovar para a inspeção do trabalho a realização da capacitação através de documentos que informem a data, o horário, a carga horária, o conteúdo ministrado, o nome e a formação ou capacitação profissional do instrutor e dos trabalhadores envolvidos.

    A todo trabalhador dos serviços de saúde deve ser fornecido, gratuitamente, programa de imunização ativa contra tétano, difteria, hepatite B e os estabelecidos no PCMSO.

    Os produtos químicos, para prevenção, deve ser mantida a rotulagem do fabricante na embalagem original dos produtos químicos utilizados . No PPRA deve constar inventário de todos os produtos químicos, inclusive intermediários e resíduos, com indicação daqueles que impliquem em riscos à segurança e saúde do trabalhador.

    Os trabalhadores envolvidos devem receber capacitação inicial e continuada que contenha, no mínimo:

    a) as principais vias de exposição ocupacional;

    b) os efeitos terapêuticos e adversos destes medicamentos e o possível risco à saúde, a longo e curto prazo;

    c) as normas e os procedimentos padronizados relativos ao
    manuseio, preparo, transporte, administração, distribuição e descarte
    dos quimioterápicos antineoplásicos;

    d) as normas e os procedimentos a serem adotadas no caso de ocorrência de acidentes.

    e) a apresentação das fichas descritivas, com explicação das informações nelas contidas;os procedimentos de segurança relativos à utilização;

    f) os procedimentos a serem adotados em caso de incidentes, acidentes e em situações de emergência.

    A capacitação deve ser ministrada por profissionais de saúde familiarizados com os riscos inerentes aos quimioterápicos antineoplásicos.Resumido!!!!!

    ResponderExcluir
  5. sou o 1° sgt F. Crespo, minha opinião sobre isso é clara, ou todos fazem faxina ou ninguem faz, não faço parte da area de saude , mas sou motorista da ambulancia, e assim mesmo ajudo meus companheiros a fazerem a faxina e a maioria das vezes me escalo no banheiro, sendo eu primeiro sargento, só porque sou a ou b ou até mesmo porque sou primeiro sargento com quase 20 anos de caserna não significa que não vou ajudar na faxina, ou faz todos ou não faz ninguem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo plenamente. É bom saber que ainda existem pessoas assim na corporação, companheiros humildes que se preocupam em ajudar o colega da melhor maneira possível, dentro das suas condições porque, a maioria do lixo fardado que rege essa tropa de salvadores, não quer nem saber se o bombeiro que passou o dia inteiro na rua, de um hospital parar outro, bebeu ao menos um copo de água. Parabéns à esses desunidos que colocam um pedaço de pano com um desenho à mais no corpo, e esquecem do próximo.

      Excluir
    2. Concordo plenamente. É bom saber que ainda existem pessoas assim na corporação, companheiros humildes que se preocupam em ajudar o colega da melhor maneira possível, dentro das suas condições porque, a maioria do lixo fardado que rege essa tropa de salvadores, não quer nem saber se o bombeiro que passou o dia inteiro na rua, de um hospital parar outro, bebeu ao menos um copo de água. Parabéns à esses desunidos que colocam um pedaço de pano com um desenho à mais no corpo, e esquecem do próximo.

      Excluir
    3. vc se acha especial demais por ser primeiro sargento? a questao não é fazer faxina ou não,a questão é vc contaminar as pessoas e lhe dar com fluidos corporais de pessoas que nem conhecemos,mas socorremos.Fluidos corporais( sangue,fezes,urina),meios totais de contaminacao isso se não tiver outras doenças que se pegam por via respiratoria ,e por não higienizacao das mãos ou seja de contato.

      Excluir
    4. Bota um short e camiseta para fazer fachina....

      Excluir
  6. Tão de brincadeira, esse vaso sanitário aí é fake, ou então procure os militares de serviço que fizeram estte estrago e levem ao HCAP estão com a mira afetada.
    Militar da Saúde não pode fazer, limpeza, obra já sabemos, mas tirar 1/4 de hora na Guarda não custa nada. Fiz muito isso em Santa Cruz, não me diminuiu e nem me atrapalhou. Brigava com os Oficiais quando o Motorista ou na época Socorristas estavam escalados para Obra e na hora do Socorro ficavam exaustos. ASE dando 15 saídas e outras guarnições na época praticamente zerando socorro.

    ResponderExcluir
  7. Comando do gse e nada. e a mesma coisa!
    sempre soube disso. Somos abandonados.

    ResponderExcluir
  8. Concordo que os quartéis deveriam ter empresa de limpeza, mas tem alguns companheiros nossos que não tem bom senso nenhum e nem a preocupação de não sujar, não de preocupam com a coletividade. Se comportam como se vândalos fossem. Não quero rotular nada, pois é uma minoria.

    ResponderExcluir
  9. Sempre foi assim puxadores de faca... Contaminação por contato com vítimas.... E os combatentes não o fazem?! Na esmagadora maioria das vezes, numa colisão o comboio vai sem ambulância e no local ficamos de braços cruzados?! Por essa linha d pensamento, NINGUÉM deveria pôr a mão em vítima alguma! Quanto a comer? TB não é permitido junto a material hospitalar e é MT comum comer lanches voltando do socorro dentro da vtr.. Não podemos negar que sobrecarrega o serviço já atribulada por conta desse maldito serviço do SAMU que caiu no colo das ASE'S, mas a culpa não é d quem esta nas fileiras ao lado d vcs!!!!

    ResponderExcluir
  10. Bom dia a todos o comentário das 22:28 por não saber regulamento e nem a sua função dentro da estrutura militar, opta por falar o que não sabe somente para contra dizer o companheiros do SOS. E do g.s.e., vai ler mais para se posicionar com bases sólidas para argumentar.
    Sugestões de leitura, r.i.s.g., lei 880/85, c.f./88, livros sobre controle de contaminação.

    ResponderExcluir
  11. "Antigamente a roda era quadrada" Os tempos mudaram, hoje quem entra na corporação tem mais conhecimento científico pra manifestar-se, diferente dos mais antigos.Os profissionais de saúde levam o nome do Corpo de Bombeiro nas costas, trabalham no SAMU e GSE,com férias atrasadas, perdem noites de sono, algumas vezes ficam sem comer, não conseguem se quer tomar banho e os colegas ainda querem retirar a última gota de sangue, são covardes que se escondem atrás da antiguidade pra não fazer nada.A maioria está com sobre peso não é a toa.

    ResponderExcluir
  12. Gente o pessoal da ambulância já sofre demais, não sejam covardes.

    ResponderExcluir
  13. Está errado sim,esses profissionais são só para fazer atendimento em via publica e não fazerem faxina, e tirar hora somos militares da saúde e amparados pela fiscalização do conselho regional de enfermagem e pela NR 32.

    ResponderExcluir
  14. Legal , acho q empresas para a manutenção e higiene da unidade sériam uma boa , nos nos preocupamos com muitas coisas , ex : tiro serviço no ABSL da minha unidade , confiro tudo , limpo cuido do material q posso trabalhar pelas vidas , e tem bobão que aida fala sou sargento de curso , legal já que VC não QR fazer nada se mata , ou pede para o comando fazer uma unidade só de frescos de curso , seja homem , então se o cabo for carregar alguma coisa VC não pode ajudar , ta de brincadeira é isso q o comando QR separar para por a tropa fraca , SOS BIMBEIROS , JUNTOS SOMOS FORTES .
    VAMOS POR AQUI Q OS CAP, MAJ, TEN CEL E CEL NÃO SÃO MAIS BOMBEIROS E SE NAO CORREM COMO PO
    DEM GANHAR GRATIFICACAO DE ATIVO , A população NÃO SABE Q OS MESMOS FICAM SÓ PARA APARECER NA FILMAGEM DE TEVE , PAREM COM ESSA PALHAÇADA SOMOS UM CORPO DE BOMBEIROS SEM CABEÇA .ENTÃO NÃO VOU FAZER MAIS NADA POIS SOU ISSO OU AQUILO .OS BOMBAS .

    ResponderExcluir
  15. Infelizmente ainda tem muita gente ignorante na corporação. Quem disse que faxina humilha ou desmerece alguém ? O fato em pauta aqui é INSALUBRIDADE, e até o condutor de ambulância não deveria ser escalado na faxina , pois ele é o terceiro elemento do socorro, e a maioria ajuda e muito a guarnição de saúde. A população não tem que pagar pq no cbmerj não tem soldado.
    Nenhum bombeiro , NENHUM BOMBEIRO deveria fazer faxina. Terceirização já.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A EMPRESA CONSTRUIR FOI CONTRATADA PARA ESSE FIM DESDE 2007.OQUE DEVE PREVALECER É SOMENTE A MANUTENÇAO DA LIMPEZA.
      MAS ACHO QUE OQ ESTÁ ACONTECENDO É CMT ACHANDO QUE ESTAMOS NOS TEMPOS QUE ELES INGRESSARAM NO CBMERJ, ONDE SEUS PAIS TBM CORONEIS E SEU INSTRUTORES LHES DIZIAM...." VC PODE TUDO, HUMILHAR, DESTRATAR, ESCRAVISAR E TUDO MAIS"

      Excluir
  16. Continuo afirmando o regulamento é para todos ! se não querem fazer por serem da saúde , não faço pq sou 1ºSGT . Seria a cúmulo um primeirão fazendo faxina e os SDs e CBs sentados me olhando. ah tome vergonha na cara.
    Tem mais , não sou baba ovo e tampouco me omito das funções de um 1ºSGT . Sou muito responsável nas funções q me cabem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentira,o regulamento só serve para as praças sim todos devem cumprir desde que sejam praças.

      Excluir
  17. Esse site de juntos não tem nada, mais uma que só segrega as praças!!!
    Não é dever de nenhuma especialidade fazer faxinas, mas se não há empresa contratada para essa finalidade, tem que se usar o regulamento, cabos e soldados são elementos de execução e ponto final, e vejo vários antigos, de 3º a subtenentes ajudando.
    Ao invés de protocolar oficio para defender uma parte, deveriam defender todos igualmente e solicitarem ao comando geral o emprego de um empresa terceirizada para tal função.

    ResponderExcluir
  18. Fazer faxina pra sgt antigo cagar e fik rindo da sua cara pq vc é especializado e ta limpando o coco dele ,isso os antigões ñ falam tirar hora pra antigo q da 1saida dormir o dia todo e a noite toda e depois escutar antigo dizer vc estudou pra isso em tom de ironia ,combatente é tudo anjinho e santinho nessa ,vou continuar lavando coco de analfa e depois fazer acesso venoso e medicação neles e na familia deles sempre que eu atender bm e parente de bm ,é muita ignorancia ,se vc que é sgt antigo ou sub se sente prejudicado por estar fazendo faxina então briga por seus direitos e ñ se mete onde deve .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. GOSTEI,
      FALOU TUDO
      TENHO 21 ANOS DE SERVIÇO, MAS CONCORDO COM VOCÊ.
      SOU DA ÁREA DE SAÚDE TBM, MAS SOU DE UM TEMPO EM QUE NAS AMBULANCIAS , HAVIAM PIA PARA LAVARMOS AS MÃOS, ESPAÇO PARA FAZERMOS UM BOM TRABALHO, ERAMOS REGULADOS PELO COCB, POR BOMBEIROS CAPACITADOS PARA NOS COLOCAR NA RUA
      EM SEGURANÇA, NÃO EXISTA SAMU ( TIRARAM O TRABALHO DE MUITOS CHEFES DE FAMILIA PRA NOS SOBRECARREGAR COM OS ATENDIMENTOS DE RESPONSABILIDADE DO SAMU) ISSO TUDO FOI DE GRAÇA??? CLARO QUE NÃO... NOSSOS GOVERNO ENCHEU O COFRINHO COM OS REPASSES DO GOV. FEDERAL DESTINADOS AO SAMU E NOS COLOCARAM EM UMA ESCALA 24x 48 COM UMA PROMESSA DE SUPOSTA GRATIFICAÇÃO , DEMITINDO CHEFES DE FAMILIA POR TELEFONEMA, E COM ISSO NOSSO ATIVIDADE DE ATENDIMENTO EM VIA PÚBLICA SE PERDEU.
      SEM FALAR QUE A TAL REGULAÇÃO NOS ENFIAM EM TUDO QUANTO É BURACO NAO SE IMPORTANDO COM NOSSA SEGURANÇA PARA ATENDIMENTO EM QUE FUNCIONAMOS COMO TAXI ( DIARREIA DE 6 DIAS, BRIGA DE FAMILIA, CÓLICA MENSTRUAL, RESFRIADO, TROCA DE FRALDA.
      OQUE É ISSO GENTE ???
      CADÊ NOSSA ATIVIDADE FIM ????

      Excluir
  19. Levar germes a população é crimeeeeeee.
    CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    Art. 267 - Causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos:

    Pena - reclusão, de dez a quinze anos. (Redação dada pela Lei nº 8.072, de 25.7.1990)

    ResponderExcluir
  20. Um dia esse antigão vai se sentir mal, e vai pedir ajuda a uma ase, ai, essa é a hora de passar a siringa no vaso sanitário e aplicar uma injeção nele .

    ResponderExcluir
  21. 1° sgt F. crespo, meus colegas do GSE , trabalhei a vida toda em quarteis que não tinham ambulancia, eu fazia a faxina e avançava para qualquer tipo de evento, tendo vitima ou não. e funciona assim até hoje em varias unidades que não possuem em seu socorro a ambulancia. Se vcs estão sendo escalados na faxina no banheiro, exijam do GSE produtos para descontaminação das mãos , seria o correto, afinal todos que vão para o socorro se envolvem de alguma maneira com as vitimas, isso é claro para todos. ex: vitima presa nas ferragens , primeiro o pessoal do ABS e que tem o primeiro contato com a vitima, correndo o risco tbm de contamina-la.
    Então sou a favor que todos ajudem na faxina ou deixa a porra do quartel sujo.ninguem faz porra nenhuma.
    Fez faxina ou foi no banheiro caga, mijar ou o mque quiser fazer no banheiro use uma luva ou lave a porra das mãos com detergente ou algo que o GSE oferecer para desinfecção.Aí vem o cidadão falar levar germe para população é crime, todo militar que fizer faxina no banheiro e for para o socorro de alguma vitima tera a possibilidade de talvez contamina-la e aí, ninguem vai fazer a faxina, enquanto não tem firma contratadas para tal, temos sim que fazer a merda da faxina, nada de excluir A ou B , ou ninguem vai querer fazer, principalmente eu, faço tudo que posso para ajudar na faxina, lavo banheiro, passo pano, poeira e o que tiver vou ajudar a fazer , mas se excluirem alguns, tbm não vou fazer porra nenhuma.

    ResponderExcluir
  22. Sou 1ºSGT e acho que deveria ter uma uma firma contratada para a limpeza, mas se não tem; não serei eu que irei fazer faxina. Em 1997 os Cabos antigos deixaram tudo pra minha turma e agora com 18 anos de serviço não posso continuar fazendo faxina até ir para a reserva.
    O efetivo é insuficiente, mas estão construindo e inaugurando GBM's pra todo lado para que os oficiais possam comandar.
    A fábrica de oficiais fabrica um monte todo ano.É só parar de formar oficiais, e colocar no mínimo 100 soldados por ano que a longo prazo vai acabar com essa desigualdade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 1º Sgt Bm com 18 anos de serviço, qual o curso que tem, nenhum então e um soldado melhorado , tem que fazer faxina sim, quem mandou ser BM

      Excluir
  23. Parem de usar a antiguidade e pense na população, na vítima, que não passa na cabeça dela que quem vai socorrê-la acabou de limpar o vaso sanitário e está todo cheio de bosta e depois vai mexer nas suas feridas abertas e aquelas vovós com a imunidade baixa ou na hora do parto o cabo da saúde chega com a farda toda suja com cocô de pombo levando toxoplasmose, tinta, capim, terra, urina , fezes, poeira...
    Quem deveria ajudar só pensa em dormir, pensa que por ser sargento está aposentado, como o colega falou isso se chama COVARDIA. Queria que toda população carioca lesse essas postagens.
    Levar germes a população é crime.
    CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    Art. 267 - Causar epidemia, mediante a propagação de germes patogênicos:

    Pena - reclusão, de dez a quinze anos. (Redação dada pela Lei nº 8.072, de 25.7.1990)

    ResponderExcluir
  24. Porra eu acho hilário!!! Vivem puxando faca nessa porra de faxina !!! Sou motorista lavo a vtr neto a mão no socorro mas se algum cabo 06, pois no risg CABO E ELEMENTO DE EXECUÇÃO E PONTO!!!!!

    ResponderExcluir
  25. Muitos destacam que alguns usam antiguidade, outros citam.... no meu tempo fazia-se assim, fazia-se assado.
    Ora meu povo... vamos parar de hipocrisia. No nosso tempo não havia muitas coisas... Mas hoje existe, existe uma firma de limpeza que é paga para efetuar a faxina nos quarteis, mais isso não quer dizer que o bombeiro tenha que evacuar o vaso sanitario todo daquele jeito, se o militar fez aquela lambança toda tenha vergonha e limpe. O tempo dos senhores feudais acabou e não é porque há uma empresa de serviços gerais que a limpeza não tem que ser preservada. Isso se chama respeito.

    Há muitas situaçoes em que os comandantes com complexo de deus determinam. Em Belford Roxo por exemplo os militares da ASE estão sendo obrigados a transportar os alimentos daquele destacamento, alimento estes que serão servidos a todos aqueles que compõe a OBM e mesmo com o argumento da guarnição de que isto não seria correto, estes receberam como resposta que era uma ORDEM.

    VOLTANDO AO NO NOSSO TEMPO... pois é no nosso tempo nao havia esterilizaçao de material da ambulancia, pois é oque acontece hj é uma farsa é um engana bobo.

    Há muitas OBM,s que ainda nao possuem alojamentos femininos e os que existem são inadequados.

    Nosso RANCHO é absurdamente insalubre.
    nao há guardanapos
    nossos pratos são molhados e mal lavados
    Não são climatizados
    há moscas disputando conosco quem come primeiro
    ultimamente tem sido servido " familia PEPPA PIG e GALINHA PINTADINHA" ( PORCO E FRANGO)
    isso tudo pedindo a Deus para nao estourar o rancho, se acontecer comemos OVO COZIDO qdo tem.
    e por aí vai....

    ResponderExcluir
  26. Se é ordem absurda porque estão executando querem viver no lixo então vivam mais não na minha corporação ridículo essa postura

    ResponderExcluir
  27. Se é ordem absurda porque estão executando querem viver no lixo então vivam mais não na minha corporação ridículo essa postura

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.