quinta-feira, 21 de maio de 2015

Bancada evangélica critica expulsão de Daciolo do PSOL

A expulssão do deputado federal Cabo Daciolo (RJ) do PSOL foi criticada pela bancada evangélica da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) nesta segunda-feira (18). Os parlamentares apresentaram nota de repúdio à decisão e viram a atitude como algo radical. 

Contrário a postura do PSOL, o deputado estadual Adalto Santos (PSB) apresentou voto de repúdio na Casa Legislativa. Outros parlamentares da base evangélica também criticaram a atitude. “Longevidade é obra da mão de Deus (...). Atitude foi radical”, analisou o deputado Cleiton Collins (PP), no Twitter da Alepe.

Outro parlamentar contrário a postura do PSOL foi Joel da Harpa (PROS). “Atitude foi intolerante e desnecessária”, considerou.

Apesar da postura dos deputados evangélicos, o tucano Antônio Moraes encarou com naturalidade o ocorrido, prevendo até a saída de Daciolo. “Hoje ou amanhã ele teria dificuldades dentro do partido”, ressaltou.

Saída do PSOL - Cabo Daciolo foi retirado da legenda pelas atitudes que o parlamentar vinha tomando no exercício do seu mandato. Segundo o PSOL, a apresentação de proposta de emenda à Constituição (PEC 12/15) que propõe alterar trecho da Constituição “todo poder emana do povo” por “todo poder emana de Deus”, fere a concepção do PSOL na defesa do Estado laico. Além disso, a sigla alega que o deputado pediu ao partido engajamento na defesa de policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, acusados pelo assassinato do ajudante de pedreiro Amarildo, morto em junho de 2013.

Cleiton Collins foi um dos deputados críticos à postura do PSOL

João Bita/Alepe



Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.