quarta-feira, 3 de junho de 2015

PALAVRAS DO PRESIDENTE DA CÂMARA SOBRE O GRITO DE LIBERDADE

Os Bombeiros do Rio de Janeiro agradecem ao Deputado Eduardo Cunha
        PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS


Senhoras e Senhores Deputados, a sessão solene que ora realizamos expressa o reconhecimento e o respeito da Câmara dos Deputados para com uma instituição com mais de cento e cinquenta anos de história e de excelentes serviços prestados à população fluminense.
O Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Rio de Janeiro é, inquestionavelmente, uma corporação que se distingue entre suas congêneres, pelo preparo, qualificação técnica e habilidade de seus integrantes, pela estrutura e dimensão de suas unidades, pelo prestígio e carinho conquistado junto aos cidadãos.
A data que estamos celebrando detém importância histórica, pois sublinhou todas essas qualidades do Corpo de Bombeiros. Quando parte significativa das tropas aderiu ao movimento reivindicatório por maiores salários e melhores condições de trabalho, em junho de 2011, os bombeiros do Rio de Janeiro demonstraram que a luta por justiça alcança os mais nobres resultados quando embasada em princípios de seriedade e responsabilidade.
As razões que levaram os bombeiros a ocupar o quartel do Comando Geral foram bem compreendidas e apoiadas pela população fluminense. A sociedade estava unida a uma instituição que admira e respeita, mas que sofreu, ao longo de décadas, com o descuido de sucessivas administrações, no que tange à política salarial dos seus quadros.
A defasagem dos vencimentos dos membros do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro é reconhecidamente grande. A situação requer grande esforço e comprometimento do Governo do Estado, a fim de estabelecer um programa de recuperação salarial que, certamente, não poderá ser implantado em curto prazo.
Entendemos que as pessoas que cuidam da segurança pública e de interesses primários da população merecem ser bem remuneradas. O desafio que se põe, no entanto, é a conciliação dessa necessidade com tantas outras premências e o aperto orçamentário dos governos estaduais.
A suplantação das discordâncias e pendências interpostas entre administrações, comandos e tropas é essencial para a preservação da ordem pública. Em nenhuma hipótese é aceitável que o cidadão de bem amargue os danos e prejuízos decorrentes de uma conjuntura de desentendimento interno nesses órgãos, por questões administrativas.
Senhoras e Senhores, o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro é de fato merecedor desta homenagem. Auguramos que seus melhores trabalhos se revelem nas ruas, com uma corporação sempre capacitada para o enfrentamento dos desafios cotidianos e para o bom cumprimento de sua função social.
Em nome da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados, saúdo todos os seus integrantes. Receba também nossas saudações o Deputado Cabo Daciolo, que propôs a realização desta sessão solene.
Inspirados pelo caráter honroso e de grandes glórias que caracterizam o Corpo de Bombeiros, sejam os seus membros sempre merecedores da admiração e do respeito de toda a população do Rio de Janeiro. É o que desejamos a esses homens e mulheres que zelam pela paz, a ordem e a segurança daquele Estado.
Muito obrigado.
Deputado Eduardo Cunha
        PRESIDÊNCIA DA CÂMARA DOS DEPUTADOS

4 comentários:

  1. Falta o reconhecimento do comandante geral e do próprio governador , pois deveriam honrar a tropa que têm.
    Um abraço a todos os integrantes da nossa amada corporação.
    Obrigado também ao nosso representante Deputado Federal " Cabo DACIOLO", o senhor nos representa.
    Juntos somos fortes...nenhum passo daremos atrás e DEUS está no controle... CSM

    ResponderExcluir
  2. Chefe da Diocese3 de junho de 2015 22:20

    Grato pela homenagem. Faça alguma coisa pela Corporação (Praças e Oficiais que honram a farda) e o povo fluminense. Muito obrigado Deputado Eduardo Cunha.

    ResponderExcluir
  3. http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2015-06-03/quebra-de-sigilo-telefonico-de-cabral-e-pezao-e-autorizado-pelo-stj.html

    ResponderExcluir
  4. Espero que essa consideração vá além de homenagens, pois só isso não enche a barriga de ninguém.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.