quarta-feira, 22 de julho de 2015

Projeto prevê multa de R$ 1 mil a quem passar trote no Samu


Foto: Fabiano Rocha (Foto de arquivo)


Na tentativa de coibir os trotes telefônicos ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), o vereador Renato Moura (PROS) apresentou um projeto de lei que prevê multa aos engraçadinhos sem noção.

A proposta, publicada no Diário Oficial da Câmara nesta quarta-feira (22), estabelece multa de R$ 1 mil a quem passar o trote, podendo dobrar em caso de reincidência.

Segundo a justificativa do parlamentar, o Samu passará os relatórios às empresas de telefonia. Estas, por sua vez, ficarão responsáveis por fornecer a identificação dos nomes dos usuários das linhas de onde partiram as brincadeiras de mau gosto.

"Esses trotes mobilizam as viaturas e equipes do Samu sem nenhuma necessidade, trazendo prejuízos incalculáveis tanto ao poder público, quanto à população", afirmou o autor.

Quando acabar o recesso dos nobres vereadores, o projeto começa a ser analisado por cinco comisssões da casa antes de ser votado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.