quinta-feira, 20 de agosto de 2015

EMPRESA NOS EUA PREPARA NOVO JUMBO DE COMBATE A INCÊNDIOS

Global SuperTanker Services adquire patentes e sistemas de antigo operador do Boeing 747 "bomb



O Jumbo de combate a incêndios pode levar 75 mil litros de água ou outros materiais (Foto – Evergreen)

De todos as aeronaves já utilizadas para o combate a incêndios nenhuma delas foi tão impressionante quanto o Boeing 747 “SuperTanker” desenvolvido pela Evergreen Internacional Aviation, empresa que encerrou suas atividades em 2013 por falta de fundos. Com o fim da companhia, todos os aviões da frota, que inclui principalmente modelos de carga, foram estocados ou vendidos.

Mas uma nova empresa aérea está disposta a recolocar o “Jumbo Bombeiro” de volta ao ar. Segundo informações do website FireAviation, uma nova companhia fundada por ex-diretores da Evergreen, chamada Global SuperTanker, comprou as patentes e sistemas do 747 de combate a incêndios da empresa falida. Apenas um modelo foi montado pela antiga Evergreen, que planejava ainda construir outras três unidades.

O plano da nova companhia é converter um Boeing 747-400 em aeronave de combate a incêndios. O modelo da Global SuperTanker deve manter os mesmos sistemas do avião da Evergreen, um 747-100, mas com a vantagem de ter motores mais potente e maior autonomia de voo. Desta forma, o novo Jumbo deve manter os tanques de 75 mil litros, que podem carregar água ou agentes químicos especiais que apagam o fogo.

O Jumbo da nova empresa ainda não foi montado, mas isso não deve demorar a acontecer. A Global SuperTanker já adquiriu a aeronave, que pertencia a frota cargueira da Japan Airlines. Na nova configuração, o 747 terá alcance de 6.400 km.

O 747 de combate a incêndios tem uma capacidade até 10 vezes superior a de modelos tradicionais nessa função, na maioria hidroaviões. Embora não tão versáteis quanto aeronaves anfíbias, que podem rapidamente recarregar seus tanques pousando em lagos ou rios, o Jumbo pode levar de uma só vez uma enorme quantidade de água ou agentes químicos extintores de chamas ao foco do incêndio. Essas aeronaves são requisitadas principalmente no combate a incêndios em florestas.

FONTE: UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.