quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Governo de SC anuncia reajuste para servidores da segurança pública

De acordo com Poder Executivo, será concedido aumento de 20%. Medida provisória sobre remuneração causa polêmica entre sindicatos.

O Governo de Santa Catarina anunciou na noite desta sexta-feira (31) que irá reajustar em 20% os salários dos servidores estaduais da segurança pública. Uma medida provisória que regulamenta a nova forma de remuneração deve ser publicada na segunda (3). Sindicatos criticam o projeto.
Segunda a administração estadual, a primeira etapa de pagamentos foi implantada em agosto do ano passado; a segunda será feita em agosto de 2015 e a terceira, em dezembro de 2015, conforme tabela publicada no site do governo.
A Medida Provisória (MP), que está sendo editada, regulamenta uma nova forma de remunerar a segurança pública, através de subsídio. Ela disciplina banco de horas, sobreaviso, expediente e define que só receberá a indenização quem efetivamente estiver no exercício da função, conforme o governo.
De acordo com a administração estadual, a MP assegura o pagamento de indenização de auxílio à saúde, para o policial civil ou militar afastado, em decorrência de ferimento ou moléstia diretamente relacionada ao exercício da atividade profissional.

Entidades sindicais ligadas às Polícias Civil e Militar criticam a MP. A Associação de Praças do Estado de Santa Catarina (Aprasc) afirmou que a medida provisória retira direitos dos integrantes da segurança pública e que "já acionou a assessoria jurídica para estudar medidas para preservar os direitos dos praças e não deixar que qualquer iniciativa inoportuna e impensada cause prejuízos aos nossos associados".

O Sindicato dos Policiais Civis de Santa Catarina (Sinpol-SC) afirmou que o governo não negociou com eles, "apenas nos patrolou, enfiando uma lei cheia de inconstitucionalidade goela abaixo". O G1 tentou contato com representantes dos dois sindicatos, mas não obteve êxito até a publicação desta notícia


Fonte: Adeilton

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.