quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Guarda-vidas constroem próprio posto de trabalho na Serra, ES

Eles contaram com a ajuda de moradores e comerciantes locais. 
Estrutura foi construída na praia de Carapebus, na Serra.

Um grupo de guarda-vidas construiu o próprio posto de trabalho na praia de Carapebus, na Serra, Espírito Santo. Agora, eles têm proteção contra sol e um espaço para guardar os equiamentos e fazer as refeições. Além disso, os profissionais garantem que a estrutura melhora a visibilidade da praia. A Prefeitura da Serra informou que está prevista a locação de uma casa para servir de apoio aos guarda-vidas, mas não disse quando isso vai acontecer.
saiba mais

A estrutura que fica a 1,20 metros acima da areia permite a eles uma visão mais ampla da praia. "Agora a gente têm a visão para o mar perfeita, e nós também temos a proteção do sol", explicou o guarda-vidas Breno Bonetti.

A ideia surgiu do guarda vida Antônio Napoleão da Silva. Ele falou sobre a importância do posto.

"Isso facilita não só a nossa condição de trabalho, como também a do banhista, que desde que chega na praia visualiza que existe um posto módulo do guarda-vidas. Aqui ele pode procurar as informações da praia, informações a respeito do locais de risco, onde pode entrar ou não", disse.

Para fazer o posto, os socorristas contaram com a ajuda de comerciantes e moradores da região que também ficaram felizes com a construção. Todo o trabalho foi feito nos dias de folga dos guarda-vidas.

Novo local possui armário, pia, e mesas
(Foto: Reprodução/TV Gazeta)

"Isso é para gerar uma certa segurança para os nossos banhista e turistas que frequentam a praia de Carapebus", disse comerciante Gustavo Coutinho.

Antes da estrutura existir, os trabalhadores sofriam com a chuva e sol e tinham que levar pra casa, todos os dias, equipamentos de trabalho como as nadadeiras.

Agora, com o novo espaço de trabalho, eles possuem pia pra lavar as mãos e escovar os dentes, armários pra guardar lanches e mesinhas pra almoçar, tudo sem deixar de tomar conta do mar. "Da para tomar um café e ver a praia toda, ter uma visão ampla, e a qualidade melhorou bastante", falou Bonetti.

A qualidade de vida dos moradores também aumentou com o posto. Para a atendente de farmácia, Nattyely Ferreira, a sensação agora é de mais segurança no mar. "Eles vêm e alertam a gente que não pode ultrapassar dali, é muito bom", contou.

E essa opinião não é só dela. "O salva vidas já tem um preparo, então o posto ajuda. Dá uma segurança maior", disse o universitário, Washington Barreto.

Mas para a tranquilidade dos frequentadores ficar ainda mais completa, os guarda-vidas querem outros equipamentos de segurança. Os moradores pedem mais postos, iguais ao que eles ajudaram a fazer.

"Nós vamos procurar o Siema para regularizar essa situação, para que além dessa base, nós possamos fazer pelo menos mais duas. Uma perto da lagoa, e outra na outra ponta que é para facilitar o desenvolvimento dessa praia", comentou o líder comunitário Mário Armond.

A Prefeitura da Serra informou que está prevista a locação de uma casa para servir de apoio aos guarda-vidas, na orla de Jacaraípe. Esse local servirá para guardar equipamentos e reuniões de trabalho. A Prefeitura não disse quando isso vai acontecer.

Além disso, o órgão também informou que investirá na aquisição de novos pranchões, de nadadeiras e outros equipamentos.
Pés de pato são um dos equipamentos utilizados pelos guarda-vidas (Foto: Reprodução/TV Gazeta)

FONTE: O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.