segunda-feira, 31 de agosto de 2015

MILITARES DA TURMA DE 2014 AINDA SEM RECEBER O RESÍDUO DOS 350

A bombeirada que incorporou em 2014 já começa a conhecer um pouquinho do CBMERJ, administrativamente, pouca eficiência.

Apenas uma ínfima parte dos bombeiros que ingressaram em 2014 receberam devidamente em seus contracheques o valor referente ao resíduo dos R$ 350,00, que vem sendo incorporado aos vencimentos.


O contracheque abaixo é o de um sortudo que conseguiu receber os valores neste mês, mas segundo levantamentos, menos de 10% dos recém formados tiveram essa sorte.


Vamos agir CBMERJ, esses valores são de direitos e nós continuamos a ser o pior salário do País, esse dinheiro faz falta.

Em contato com o SEPLAG, obtivemos a seguinte resposta:

SOS BOMBEIROS: Desejo saber sobre o problema de não estar recebendo o RESÍDUO e já fiz contato com a DGF e alega que o problema é com o Seplag-RJ. 

Aguardo contato para solução deste impasse,desde já elevo minhas considerações.

SEPLAG: Prezado, 

Agradecemos seu contato. 

O responsável pela folha de pagamento dos funcionários do Corpo de Bombeiro é o setor de RH ou de pagamento do mesmo.  

O Sr. entre em contato com a DGF para mais informações e verifique se tem que abrir algum processo referente a esse resíduo não pago. 

Atenciosamente, 

Equipe Portal do Servidor 

www.servidor.rj.gov.br 

4 comentários:

  1. Náo é só a turma de 2014 que está sendo lesada. Conheço bombeiro que é Sgt e não está recebendo tbm. Eu,mesmo,fiquei um bom tempo recebendo o valor errado. E o pior,é o fato da DGF dizer que o problema é da SEPLAG; e por sua vez,a SEPLAG diz que é com a DGF. No caso do colega supracitado,inclusive,já foi reconhecida a dívida,com o deferimento em bol. interno.... Mas,dinheiro que é bom...Até agora nada.

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, gostaria de registrar que eu também estou sem receber o resíduo de R$350,00, bem como conheço alguns militares na mesma situação..Ocorre que no meu caso, ao entrar de licença especial 6 meses, em outubro de 2014 e retornei em abril de 2015, automaticamente foi retirado o valor acima, porém faz 5 meses do eu retorno e até agora nada $$$$. Informei-me na DGF, e a resposta obtida foi que: quem saiu da folha de pagamento em dezembro 2014, a citada gratificação foi retirada em função do aumento concedido pelo governo, e tão logo, a situação seria regularizada, inclusive já enviaram dois processos à SEPLAG, a fim de corrigir o erro, no entanto ainda não obtiveram resposta daquela Secretaria. Procurei à SEPLAG, e eles afirmam que o erro é do setor financeiro do CBMERJ. E complicado!!!! Infelizmente, terei que recorrer ao juizado fazendários...por favor divulguem!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O resíduo é só pra quem trabalha! Quem está afastado por qualquer motivo não recebe. O cidadão que fica de licença médica, por exemplo, não trabalha mas também não recebe. Os que estão sofrendo desconto é porque no período do afastamento recebeu e agora tem que devolver. pegue os contracheques e faça as contas.

      Excluir
  3. Não é só os de 2014 que estão sem receber não. Temuits gente de 2008 que não recebe. Tem mais antigo TB. Os militares que estavam pela dgpoe e que regressaram ao cbmerj foram prejudicados. Fomos para o órgão externo não por querer e sim fomos jogados. Agora alegam que o sistema não nos reconhece ...queremos o RESIDUO.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.