terça-feira, 20 de outubro de 2015

Em palestra, general do Exército vê vantagem em saída de Dilma da presidência

O general Antonio Hamilton Martins Mourão, que comanda o Exército na região Sul, afirmou, em conferência no dia 17 de setembro, no Centro de Preparação de Oficiais da Reserva (CPOR) de Porto Alegre, que a saída da presidente Dilma Rousseff do Planalto não altera o "status quo" e polemizou ao apontar "a vantagem".

"A mera substituição da PR (presidente da República) não trará mudança significativa no status quo". Segundo o general, "a vantagem da mudança seria o descarte da incompetência, má gestão e corrupção", completou o general Martins Mourão, segundo informações do colunista Tulio Milman, do jornal "Zero Hora".

Em slides apresentados na palestra, o general conclui com a frase "É nosso dever esclarecer a opinião pública, notadamente a juventude", após enumerar possíveis "cenários" futuros, classificados como "sobrevida", "queda controlada", "renovação" e "caos".

No último dia 9 de outubro, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, disse em videoconferência para oficiais temporários da reserva que vinha riscos de a atual crise se tornar uma "crise social" que afetaria a estabilidade do país e isso diria respeito às Forças Armadas, segundo matéria da "Folha de S.Paulo".

"Estamos vivendo situação extremamente difícil, crítica, uma crise de natureza política, econômica, ética muito séria e com preocupação que, se ela prosseguir, poderá se transformar numa crise social com efeitos negativos sobre a estabilidade. E aí, nesse contexto, nós nos preocupamos porque passa a nos dizer respeito diretamente", afirmou o general.

O Jornal do Brasil entrou em contato com o Comando do Exército, mas ainda não obteve resposta de nenhum representante.

FONTE: JB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.