sábado, 17 de outubro de 2015

Novos conselheiros do Consperj tomam posse no dia 22 de outubro



O Conselho de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (Consperj) realizou, nesta quinta-feira (14/10), assembleia de eleição dos novos conselheiros da entidade para a gestão de 2015 a 2017. Por voto, foram eleitos 11 representantes da sociedade civil e cinco representantes dos trabalhadores da área de Segurança Pública para compor a estrutura do Consperj. O Conselho começa a atuar a partir do dia 22 de outubro, após a cerimônia de posse dos conselheiros. 

Criado em 1999, o Consperj tem como objetivo propor diretrizes da política de segurança pública estadual, acompanhar a destinação de recursos para o setor e estimular a modernização e o desenvolvimento das instituições de segurança. O Conselho também trata de denúncias relacionadas à ação dos órgãos do setor e articula as pautas presentes nos Conselhos Comunitários e nos Conselhos Municipais de Segurança. 

Fazem parte do Conselho de Segurança Pública do Rio de Janeiro as seguintes entidades:

Representantes da sociedade civil: 

- Movimento Mulheres de São Gonçalo 

- Instituto Igarapé 

- Associação Redes de Desenvolvimento da Maré 

- Instituto de Cultura e Consciência Negra Nelson Mandela 

- Ordem dos Advogados do Brasil – RJ 

- Instituto Mov Rio 

- Instituto e Observatório de Pesquisa, Informação e Análise 

- Movimento Popular de Favelas 

- Grupo de Estudos de Inovação em Segurança Pública 

- Movimento das Mães da Cinelândia 

- Conselho Comunitário de São João de Meriti (titular) e o Conselho Comunitário de Niterói (suplente) (*) 


Representantes dos Trabalhadores da área de Segurança Pública: 

- Coligação dos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro 

- Associação de Guardas Municipais/RJ 

- Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal/RJ 

- Sindicato dos Servidores do Departamento Geral de Ações Socioeducativas do Estado do Rio de Janeiro 

- Associação Juntos Somos Fortes (ABMERJ) – Associação de Bombeiros Militares do Estado do Rio de Janeiro 


(*) A eleição dos Conselhos Comunitários foi realizada excepcionalmente no dia 13 de outubro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.