domingo, 8 de novembro de 2015

Deputado Cabo Daciolo pede orações pelo Brasil e diz: “Fora Dilma, fora Lula e Fora Renan

Gustavo Lima-Acervo-Câmara dos Deputados (2)
O parlamentar leu o trecho da Bíblia que está em 2 Crônicas 7:14 e afirmou que ainda acredita que o poder divino pode mudar o quadro lamentável da política no país.
Na última terça-feira (3), o deputado federal Cabo Daciolo (atualmente sem partido) aproveitou o direito  à Palavra que teve no Plenário da Câmara para compartilhar sua indignação com os escândalos de corrupção que constantemente são noticiados e pediu que todos (parlamentares e cidadãos) estejam em oração pelo Brasil.
O parlamentar leu o trecho da Bíblia que está em 2 Crônicas 7:14 e afirmou que ainda acredita que o poder divino pode mudar o quadro lamentável da política no país.
“Eu acredito no Deus das causas impossíveis e acredito na minha nação. Eu queria propor ao povo brasileiro, à nossa nação, que nós venhamos a ficar em oração, que nós venhamos a entender que a guerra é espiritual, contra principados e potestades e que o Brasil tem solução, sim! O nosso país tem solução. Eu queria fazer um clamor, para que no mês de novembro, possamos ficar em oração pela nossa nação”, disse.
O deputado que já havia alertado o presidente da Câmara, Eduardo Cunha “sobre o pecado que estaria cometendo ao se afastar de Deus”, também comentou as palavras de ordem e protesto, como “Fora Dilma”, expostas em faixas e cartazes, nos arredores da Câmara Federal.
“Me perguntaram: ‘Daciolo, você só vai falar do Cunha?’. Eu comecei pelo Cunha, porque ele é conhecedor da Palavra de Deus. Quanto mais você sabe dessa Palavra, maior vai ser a cobrança. Mas eu quero dizer: Fora Dilma, Fora Lula, Fora Eduardo Cunha, Fora Renan… Fora! E que nós venhamos a ter um país melhor”, exclamou.
Fonte: Daciolo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.