sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Novo Movimento dos MILITARES? Cabo Daciolo agrega militares das Forças Armadas em torno de propostas


O Deputado Federal Daciolo não precisa provar pra mais ninguém que é capaz de organizar manifestações gigantescas e movimentos capazes de aterrorizar o mais duro dos governantes. Há poucos anos ele foi um dos líderes da maior manifestação de militares desse século.

O deputado, que há poucos meses reuniu algumas centenas de militares na frente do Congresso Nacional, levando os comandantes ao desespero, tem realizado reuniões freqüentes com militares das Forças Armadas e recolhido seus principais pleitos.

As reivindicações abraçadas por Daciolo são, entre outras, modernização do plano de carreira de militares dos quadros especiais, direito ao voto para os soldados, reajuste dos soldos, reintegração para ex-soldados da Aeronáutica e pagamento das devidas diferenças dos 28.86%.

O Deputado Daciolo conseguiu uma audiência pública com o Ministro da Defesa para a próxima quarta-feira (02/12/2015). Estarão presentes também Kelma Costa, Jair e Genivaldo, presidentes das principais associações de militares. A reunião será as 9 da manha no anexo II da plenária III da Câmara e será aberto ao público.


A última coisa que o governo DILMA precisa agora é um movimento conjunto de militares das Forças Armadas. A família militar anda muito inquieta por conta da defasagem salarial e falta de qualquer perspectiva de reposição inflacionária.

Tudo indica que o DEPUTADO-MILITAR planeja iniciar o ano de 2016 com grandes mobilizações da FAMÍLIA MILITAR das Forças Armadas. Dilma que se cuide.

Em reunião assistida pela equipe da Revista Sociedade Militar Daciolo foi enfático. Ele disse “o militar da ativa tem que avançar”.



Lembrando ainda que todos os militares que seguiram DACIOLO nas manifestações do Rio de Janeiro foram ANISTIADOS. Isso, sem sombra de dúvida, dá ao político maior força e credibilidade de que suas estratégias podem dar certo.

2 comentários:

  1. A Polícia Militar precisa ser valorizada e fortalecida, pois POLICIAIS MILITARES DESMOTIVADOS significa SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA. Vale lembrar que o Rio de Janeiro sediará os Jogos Olímpicos de 2016, sendo o reconhecimento pecuniário indispensável, imprescindível para melhorar a qualidade do serviço policial-militar.

    Nas sociedades capitalistas é comum que o valor de um indivíduo seja aferido através do seu poder de compra, e isso tem muito a ver com seus rendimentos – a quantidade de dinheiro que ele consegue adquirir em determinado espaço de tempo. O salário do Policial Militar do Rio de Janeiro é incapaz de atender às suas necessidades vitais básicas (previstas no inciso IV do artigo 7º da Constituição Federal de 1988).

    Não é à toa que, falando de valorização dos policiais brasileiros, sempre se remete à questão salarial como um problema sério, pois além de garantir elementos essenciais para a sobrevivência, “ganhar bem” concede ao profissional um posicionamento social de relevância. Todo mundo quer maior qualidade na segurança pública, mas para melhorar a qualidade será imprescindível melhorar a questão salarial, ou seja, valorizar o Policial Militar com uma remuneração digna.

    A PMERJ pode reclamar bastante dos seus vencimentos, pois são inadequados para as funções exercidas. Os baixos salários desmotivam a tropa e criam desinteresse pela profissão. Um Soldado de Polícia Militar em início de carreira deveria receber vencimentos iniciais de R$ 8.612,50 (oito mil, seiscentos e doze reais e cinquenta centavos) mensais, para uma jornada de trabalho de até 144 horas mensais. A questão salarial impacta diretamente na autoestima dos Policiais e na valorização das Polícias.

    Os baixos salários fazem a PMERJ perder oficiais e praças. O idealismo vai esmorecendo, pois já não encontra-se mais comandantes com "C" maiúsculo, dignos de orgulho de seus comandados e os vencimentos não são suficientes para dar uma vida digna à família. A tropa da PMERJ está desmotivada, insatisfeita e tem VERGONHA DO SALÁRIO! Não há justificativa para os BAIXOS SALÁRIOS.

    "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER." O Policial Militar precisa ser valorizado como herói! Em contrapartida, a Polícia Militar deveria acabar definitivamente com a Promoção de Praças por Tempo de Serviço! As Promoções devem ser conquistadas mediante aprovação em concursos internos para o CFC, o CFS e o CAS, bem como a conclusão de um Curso de Ensino Superior. Os Policiais Militares que já concluíram o 3º Grau deveriam receber um acréscimo no salário, como é feito na Guarda Municipal do Rio de Janeiro. Quem se qualificou tem que ser premiado. É a única forma de incentivar o estudo, a qualificação.

    ResponderExcluir
  2. Os senhores poderiam postar o link desta audiencia para todos poderem acompanhar pela internet.
    Garanto que o pessoal do QESA , QE , SOLDADO ESPECIALIZADO e a familia militar gostaria de neste momento estar acompanhando o seu trabalho e com pensamento em Deus pra te iluminar nesta audiencia pra resolver essas pendencias e injustiças q o governo federal vem cometendo com essa classe.
    Fique com Deus e por favor nos atenda postand o link desta sua audiencia com o ministro da defesa para q possamos acompanhar ao vivo.
    Juntos somos fortes...nenhum passo daremos atras e Deus está no controle.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.