terça-feira, 10 de novembro de 2015

POSICIONAMENTO DA ABMERJ COM RELAÇÃO A REDUÇÃO DE INTERSTÍCIO PARA A QBMP 06

ABMERJ sobre a PL 2622/15 e seu aditivo principalmente o de número 4, redução de interstício para a QBMP 06

Posted by Associação Abmerj on Terça, 10 de novembro de 2015

16 comentários:

  1. Meu presidente, suas palavras foram perfeitas excluiram as outras qbms!!! isso e uma vergonha gigante!!! CFC em militarismo e igual a todos !!! a respeito de sua colocação do tempo nas graduações, colocação perfeita!!! Mas pense comigo indo a SGT em JAN de 2016, pois fiz CFC em 2011 teria um aumento de 500 reais em meu salario um aumento mt bom !!! pagaria ao menos metade de minhas despesas com alimentação na minha casa visto q sou casado e tenho um filho!!! por isso e vantajoso nesse cenário de crise atual e sem nenhuma perspectiva de aumento, visto que nosso governador deu esse calaboca de incorporação de gratificação no soldo e na primeira parcela desse aumento ja comeu com aquela incorporação do somatorio da gratificação que não faz parte para que desconte o rioprevidencia, não me lembro nome exato dessa gratificação, enfim fico indignado com somente os qbmp 6 sejam agraciado, e no regulamento QBMP 6 e igual a QBMP 1, 2 , 3 ,4 e por ai vai ......claro q abre uma jurisprudencia imensa para uma ação na justiça, porem sem necessidade !!!! mais uma toda minha indignação com isso!!!

    ResponderExcluir
  2. Primeiro pega a melhora e depois volta a lutar.

    ResponderExcluir
  3. Vc está corretíssimo amigo. Na verdade não ganharam nada...e estão agradecendo até o papagaio. Por falar em promoção , será que a ABMERJ pode ajudar quanto a PL 33??

    ResponderExcluir
  4. Tenho certeza se ABMERJ entrar em ação, consegue votar essa PL33 num piscar de olhos. Desde de já....obrigado amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, por favor explique a PL 33?

      Excluir
  5. Tenho certeza se ABMERJ entrar em ação, consegue votar essa PL33 num piscar de olhos. Desde de já....obrigado amigo

    ResponderExcluir
  6. agradeço o apoio, sou militar do cbmerj , e sou qbm 06 e como vc relatou, também acho injusto os promoção não ser estendida a cabos cursados der outras qbms, estamos solidários e apoiando para que esta injustiça também seja reparada. um abraço

    ResponderExcluir
  7. NÃO SOU QBM 6, MAS ACHO QUE VAI TER MAIS BMS PREJUDICADOS DO QUE BENEFICIADOS.
    OS 3º RECÉM FORMADOS SERÃO PREJUDICADOS.
    ALEM DO MAIS VOCÊS NÃO FORAM CONSULTADOS PARA DEBATEREM MAIS UMA VEZ PESSOAS FAZENDO O QUE QUEREM SÓ PARA FAZER MEDIA.

    ResponderExcluir
  8. 6 anos na graduação para todas as qbms e não 12 anos para promoção de 3° Sgt se o militar não passar e não concorrer ao CFS ( que não existe mais).

    ResponderExcluir
  9. Deus com certeza esta no controle,pois de forem confiar em vices..........Amem!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Uma visão bem mais solidária do que a de outros colegas. Vamos colocar os pés no chão, ainda não temos nada definido! Torço para que bombeiros sejam favorecidos e tenho o mesmo entendimento que a associação... Vamos na coletividade, não apenas em uma parcela! Que venham as vitórias e que sejam incluídas as turmas que fizeram CFC para que não fiquem amargurando 9 anos de Cabo... Pois estão acabando com o CFS! Que os mais antigos não se sintam prejudicados e exista alguma forma de compensar isso! JSF

    ResponderExcluir
  11. isso é uma beleza, que daqui a pouco serão subten não poderão tirar serviços, pois subten não tem função, MAS PODEM TIRAR PROGS, NÃO É LEGAL. QUANDO FALA DE SV SOU SUBTEN, MAS PARA O PROG ELE ESQUECE O QUE É E ENCARA SEM PRECONCEITO. VIVA PRETERIÇÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

    ResponderExcluir
  12. Essa mudança que pleiteamos como Qbm06, que ainda não foi aprovada (infelizmente), é apenas a correção de uma enorme injustiça... Sou da turma de 2002, entrei cabo claro (fiquei 12 anos como cb), enquanto todos os cabos combatentes da minha época hoje são 1 sgt (promovidos por tempo) e eu ainda sou 3 sgt. Quem acha isso justo? A gente acaba se sentindo menos bombeiro que os demais, trabalhando até a estafa nessas Ase...

    ResponderExcluir
  13. Hoje o soldado, leva 6 anos para chegar a CABO, depois como cabo leva 6 anos para chegar a SARGENTO
    Por que o CABO 06, tem que levar 12 anos e não 6 como os soldados?

    É só pensarem!
    Está errado! Tem que reduzir sim o interticio! Em nenhum outro lugar se leva 12 anos para um cabo chegar a condição de SGT!

    Simples!
    Pensa e usa o cérebro para funcionar, em invés de ficar no egoísmo em pensar apenas em si!

    Além do mais, se estivem juntos conosco em nossas reuniões, saberiam o inteiro teor e o beneficio que teriamos, bem como o beneficio para todos 06 com essa mudança!
    É mais motivante, vc ser promovido a cada 6 anos, do que ficar 12, sem promoção ou mudança salarial, quem quer trabalhar nessa condição?
    Já que o soldado, vai ter a promoção em 6 anos.

    Expliquem?

    ResponderExcluir
  14. Já que está nas mãos do Governador por que não vamos ao Palácio Guanabara realizar uma passeata pelos nossos interesses?

    ResponderExcluir
  15. Sou Cb de 2010 gvv e lembro que na época abrimos mão de r4 1.500,00 de gratificação igual ao Bope para receber o salário igual da tropa. Com essa queda do tempo para promoção, muitos foram a Sgt e na vez do meu Cfs abriram só 5 vagas. Hoje vocês brigam por 6 anos de Cb para promoção e esquecem do GV, COMBATENTE E MOTORISTA?

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.