sábado, 19 de dezembro de 2015

Empréstimos para pagamento do 13º salário serão feitos nos nomes dos servidores

Após dividir o pagamento da segunda parcela do 13º salário do funcionalismo em cinco vezes, o governo do estado anunciou que cada funcionário poderá receber o valor integral do abono natalino por meio da adesão a uma linha de crédito com desconto em folha, que terá as taxas pagas pelo estado. Qualquer servidor ativo ou inativo do Executivo, mesmo os que estão no limite máximo de endividamento com consignado, poderão pedir o empréstimo. Mas, se o governo não honrar as parcelas do 13º, os valores serão cobrados do titular.

Procurado para esclarecer a questão, o governo informou que não trabalha com a possibilidade de não efetuar o pagamento das parcelas do 13º, que serão creditadas nas contas dos funcionários. Segundo o estado, a partir de segunda-feira, aqueles que optarem pela linha de crédito deverão ir a uma agência do Bradesco, com números de identidade, CPF e ID funcional, para solicitar o crédito referente à quitação da segunda parcela do 13º . O banco terá acesso a uma listagem com o valor a ser creditado. O servidor que optar por receber em parcelas terá depositado, nas datas previstas, o percentual de 1,93 ao mês, referente à operação financeira.

FONTE: EXTRA