quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

Governo vai parcelar o 13º salário de servidores em cinco vezes

RIO - Em mais uma reunião para discutir medidas de austeridade com o secretariado, o governador Luiz Fernando Pezão anunciou, no final da manhã desta quarta-feira, que o estado deve parcelar o pagamento do 13º salário dos servidores. Segundo uma fonte do GLOBO, o parcelamento será em cinco vezes. A data prevista para o pagamento é nesta quinta-feira, quando serão pagos 20% do 13º sálario.

Ainda não há detalhes sobre como será feito o pagamento. O estado precisa de cerca de R$ 1 bilhão para quitar a segunda parcela do 13º. O anúncio oficial deve ser feito até o final do dia.

A pratica de parcelamento de salários foi adotada pelo governo desde o dia 2 de dezembro, quando foi quitado o vencimento de servidores que recebiam até R$ 2 mil. Os salários que superavam este valor foram divididos em duas vezes, sendo a última parcela honrada no dia 9 de dezembro. Esse valor só foi quitado graças a uma empresa que antecipou o pagamento de ICMS ao estado.

O Palácio Guanabara e a Secretaria estadual de Fazenda ainda não se pronunciaram oficialmente sobre o assunto.

FONTE: O GLOBO

33 comentários:

  1. DEVOLVE O DINHEIRO QUE FOI DESVIADO!!!!!
    Cadê os DEPUTADOS da OPOSIÇAO que não se manifestam...
    IMPEACHMENT JÁ para este governinho de b....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isentou a Volks,deu ao Pai da esposa do Cabra dono da super via,39 Milhões,então temos uma sugestão,como prendem os senhores que são só Militares usando o regulamento covarde,não podem punir suas esposas,amigos,filhos e parentes,então que todos fechem as entradas das viaturas de socorro,assim o socorro não sai e ninguém é punido,pois não são Militares,no Rio Grande do Sul,os Familiares dos Militares fizeram desse jeito,num instante foi resolvido.Fica a ideia.E busquem a improbidade administrativa do Governador,pois Saúde,Educação e Segurança Pública estão um caos.

      Excluir
  2. Temos que fazer algo não trabalhamos parcelado tavendo ae policiais ficaram com medo de perder a gratificação agora vai vendo pms morrendo e o governador está vagando isentou a super via estamos fundidos

    ResponderExcluir
  3. O décimo terceiro da pensão alimentícia tbm será parcelado?

    ResponderExcluir
  4. Que presente do Pezão Noel hein!? Luta armada é o que vai resolver! Esses fdps que estão no poder tem que respeitar o povo! Senão pela educação e civismo, que seja pela força!

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de saber se a PMERJ continuariam votando em governos do pt e PMDB?! Esses militares são a sua grande maioria covardes, mercenários e nunca ombrearam com a causa coletiva. Essas gratificações compraram a dignidade desses traíra.

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de saber se a PMERJ continuariam votando em governos do pt e PMDB?! Esses militares são a sua grande maioria covardes, mercenários e nunca ombrearam com a causa coletiva. Essas gratificações compraram a dignidade desses traíra.

    ResponderExcluir
  7. FINAL DE ANO NO REVEILLON NINGUÉM TRABALHA,PRONTO.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As esposas,filhos e parentes fecham as saídas das viaturas,os senhores não se expõem e nem são presos pelo regulamento covarde e arcaico.

      Excluir
  8. AGRADEÇAM A QUEM VOTOU NELE !!!!!! BEM FEITO

    ResponderExcluir
  9. Esse governo acabou de roubar os sonhos de muitas famílias em poder ter o mínimo em suas mesas não só na ceia de natal, mas no direito essencial do trabalhador, o produto de seu trabalho, seu salário.

    ResponderExcluir
  10. Esse governo acabou de roubar os sonhos de muitas famílias em poder ter o mínimo em suas mesas não só na ceia de natal, mas no direito essencial do trabalhador, o produto de seu trabalho, seu salário.

    ResponderExcluir
  11. Sabe-se que a Administração Pública rege-se pelos princípios constitucionais presentes no Art. 37, da Constituição Federal, de maneira expressa. Assim, são eles: o princípio da legalidade, impessoalidade, moralidade publicidade e o da eficiência. Para sustentar o pleito, faz-se necessário discorrer principalmente do princípio da impessoalidade, que pode ser definido como aquele que determina que os atos realizados pela Administração Pública devam ser sempre imputados ao entre ou órgão em nome do qual se realiza, e ainda destinados genericamente à coletividades, sem consideração, para fins de privilégios ou da imposição de situações restritivas, das características pessoais daqueles a quem porventura se dirija. No princípio da impessoalidade se traduz a ideia de que a Administração tem que tratar a todos os administradores sem discriminação, benefícios ou detrimentosas. Nem favoritismo ou perseguições são toleráveis, simpatia ou animosidades pessoas, políticas ou ideológicas não podem interferir na atuação administrativa e muito menos interesses sectários de facção ou grupos de qualquer espécie. O princípio em causa é senão o próprio princípio da igualdade ou isonomia.

    ResponderExcluir
  12. Todos nós temos um pouco de culpa nessa historia fora esse sistema de corruptos vamos fazer valer os nossos direitos processo já todos nós décimo 13 integral nada de parcelamento

    ResponderExcluir
  13. Todos nós temos um pouco de culpa nessa historia fora esse sistema de corruptos vamos fazer valer os nossos direitos processo já todos nós décimo 13 integral nada de parcelamento

    ResponderExcluir
  14. Governo em geral. Presidente , governadores tudo!! Incompetência pura!!!

    ResponderExcluir
  15. E ainda tem gente com medo de desmilitarização. Deixa virar civil p ver se o bomba aparece no quartel...

    ResponderExcluir
  16. Esse canalha esta esquecendo do desconto do rioprevidencia e mais imposto de renda como que vai pagar 20%, agora acho que ele esta querendo guerra. Mesmo. Agora ele esta mechendo com a família do servidor. Deixando de pagar suas contas, matriculas, materiais escolares, adiantamento do 13 quem fez com os bancos, quem vai pagar essas contas ai.tem mais se ele vai pagar parcelado tem que corrigir esses valores digo juros.

    ResponderExcluir
  17. Operação padrão já!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser desse jeito,documentos atrasados,vencidos,sem extintor,e agora cmt geral,prenda o Pezão.

      Excluir
  18. Governador e corja sem escrúpulos! Ladrões covardes! Utilizam dos cargos conferidos para legislar em causa privativa!Sem vergonhas!

    ResponderExcluir
  19. 5X neste mês como foi feito com o salário dividido em 2X? Ou 5X em 5 meses?

    ResponderExcluir
  20. As Associações tem que entrar na Justiça o mais rápido possível contra esse Governo.
    Como pode um Governo que fica falando que não tem Verba pra pagar o nosso 13°, assume uma Dívida da Super Via.
    Aí tem coisa....Agora dividir o 13° em 5 Parcelas é maior falta de respeito com a FAMILIA dos Funcionáros Público.
    Quero ver qual Associação vai ter atitude de enfrentar esses caras.

    ResponderExcluir
  21. Quero deixar aqui um alerta, se nós não nos unirmos o governo vai fazer pior, olha os pensionistas sem pagamento, até quando? Onde estão os homens, os guerreiros que lutaram direta e indiretamente? Que fizeram o Brasil inteiro conhecer nossa luta por melhoria salarial através do movimento SOS. Estão calados? Agora é a hora, não adianta ficar pelos cantos dos quarteis reclamando enquanto o governo faz o que quer com a gente. Onde estão os homens de Deus, vamos orar e vamos abrir nossa boca e declarar que não estamos satisfeitos e que queremos nosso salário justo caso contrário pararemos.JUNTOS SOMOS FORTES.JEOVÁ JIREH ESTÁ NO CONTROLE.

    ResponderExcluir
  22. Praca de 79 da Reserva16 de dezembro de 2015 19:09

    SOS prara nós Bms e PMs...e todos os Funcionários Públicos.
    Pelo Amor de Deus, Associaçoes façam um Convocação pra amanhã ou no máximo sexta-feira, na qual todos... digo todos os Funcionário Públicos a se Unirem e deixarem a rivalidade de lado e exigir Dignidade, respeito e que nos pague o temos direito
    Pensemos em nossa Familia e as Pensionistas que irão ficar sem pagamento esse mes e sò vão receber no 7° dia útil de janeiro 2016.

    ResponderExcluir
  23. Pega c/ o Eduardo Paes, a Prefeitura tem dinheiro, já q/ a subvenção da LIESA, é de R$ 2.000.000,00 por agremiação !!!

    ResponderExcluir
  24. Legal o legislativo e o judiciário que somam 53% da Folha de pagamento vão receber normalmente só os trouxas da segurança, Saúde e Educação vão receber em 5 meses

    ResponderExcluir
  25. O governador PÉZÃO sabia que o estado do rio de janeiro esta falido ele era vice do cabral a reforma do estadio de futebol (maracanã) faliu o estado .e o PÉZÃO sabia é preciso fazer um levantamento na conta bacaria do ex gov cabral .
    É gov PÉZÃO como vai ser o natal dos funcionários públicos , pq o de vcs politicos vai ser arregados com bebidas inportadas não é PÉZÃO. esse cara de golst o famtasma do trem. Dinheiro tem as olimpíadas esta ai tem ou não tem dinheiro. as empreiteras estão recebendo se não as obras estariam paradas . Não é PÉZÃO?
    É sempre assim os ricos fazem as merdas e quem paga é o pobre quem roubou foi eles e quem vai pagar é o povo cambada de ladrões. sabe pq estão indo presos é pq são muitos os ladrões. os corruptos.

    ResponderExcluir
  26. pow mw dei mal fui colocar na justiça o desconto do hospital. Agora apge em acordo com o tj,que deu atras,não posso mais ser atendido. só furada.

    ResponderExcluir
  27. até o SITE DO PRODERJ ESTA FORA DO AR 02 DIAS !E MUITA ARMAÇÃO BASTÁ!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  28. atençao srs terroristas vamos dar uma passadinha no palacio deste governador safado

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.