terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Pezão não garante o 13º salário dos servidores estaduais

Governador volta a falar das dificuldades do Estado para efetuar o pagamento

Rio - O governador Luiz Fernando Pezão admitiu nesta terça-feira que a segunda parcela do 13º não está garantida e o salário de dezembro ainda é incerto. Ele afirmou que está lutando para realizar o pagamento da segunda parcela até o próximo dia 17, mas diz que depende dos impostos não repassados pelas empresas para efetuar os pagamentos. Já o salário de novembro, o governador acredita que os servidores públicos serão pagos no próximo dia 9. 

"Vou fazer um apelo para que todas as empresas paguem os impostos", afirmou o governador, no Aterro do Flamengo, enquanto acompanhava o primeiro dia de funcionamento da Operação Segurança Presente.


O governador Pezão acompanhou nesta terça-feira, no Aterro do Flamengo, o primeiro dia de funcionamento da Operação Segurança PresenteFoto: Severino Silva / Agência O Dia

Além do Aterro, o programa aumentará a segurança na Lagoa Rodrigo de Freitas e no Méier. O ação é uma parceria do Estado com a Fecomércio, que investirá R$ 44 milhões nos dois anos do projeto. O mineiro Helder Clemente dos Santos, morador do Flamengo há 39 anos, relatou ao porta-voz da operação, capitão Leonardo Laureano, diversos casos de violência na região.

"Os linchamentos no Aterro são frequentes. Eles roubam e quando são pegos, é linchamento na certa e na maioria das vezes não há intercessão. Também têm muitos vândalos aqui no Aterro que ficam fazendo sexo, é horripilante", diz.

Ele espera que a operação traga mais segurança para o Aterro do Flamengo. "Espero que essa operação melhore muito o policiamento no Aterro. Mas todos têm que cooperar, não apenas os moradores, mas como os frequentadores do Aterro", afirma.


Cerca de 400 agentes farão o reforço diariamente da segurança no Aterro, Lagoa Rodrigo de Freitas e MeíerFoto: Severino Silva / Agência O Dia

Logo nas primeiras horas da operação, cinco ocorrências foram registradas. Na Lagoa Rodrigo de Freitas, duas pessoas foram flagradas com drogas. No Méier, um apontador do jogo do bicho foi levado pelos agentes. Já no Aterro, duas pessoas com drogas e um celular que parecia ser roubado foram pegos.

Aproximadamente 400 agentes reforçarão diariamente o policiamento no Aterro, Lagoa e Méier. A operação terá a participação de policiais da ativa, da reserva e egressos das Forças Armadas. Eles utilizarão vans, viaturas, bicicletas e motocicletas.

A ação também terá o apoio da Guarda Municipal, das secretarias municipais de Transportes, de Ordem Pública, de Conservação e de Desenvolvimento Social, além da Comlurb.

FONTE: O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.