sábado, 30 de janeiro de 2016

Guerra entre o Executivo e o Judiciário esquenta e onda de liminares deve continuar


Tribunal de Justiça do Rio: os 16 mil servidores receberam ontem 

Em questão de horas, o Judiciário se articulou e venceu a batalha contra o Executivo. Ontem, em cumprimento a seguidas decisões proferidas pelo juiz Bruno Vinícius da Ros Bodart da Costa, do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), foram penhorados R$ 265 milhões de contas do governo do estado e da Secretaria de Fazenda. Apesar de o governador Luiz Fernando Pezão ter afirmado não ter dinheiro para pagar a folha do Judiciário, todos os cerca de 16 mil servidores ativos receberam seus vencimentos, ontem.

Os benefícios de inativos e pensionistas do TJ-RJ, porém, não estão garantidos, pois dependem de recursos do Rioprevidência. Em nota, o Tribunal de Justiça do Rio afirmou que a decisão respeitou o que está determinado por lei. E ainda classificou o pedido feito por Pezão, de que o Judiciário bancasse sua folha no fim de janeiro, como “uma afronta à autonomia dos poderes, o que não pode ser permitido”.

Executivo se diz ‘perplexo’ com ações do Judiciário

A movimentação do Judiciário não foi bem aceita pelo Executivo. Em nota, o governo do estado se declarou “perplexo” com as liminares contra o Tesouro Estadual e questionou as decisões. O governo informou que já pediu à Procuradoria-Geral do Estado (PGE) que recorra das decisões que penhoraram R$ 265 milhões de suas contas e das contas da Fazenda, e que obrigaram o Estado a pagar todos os pensionistas, os inativos e os ativos, até 3 de fevereiro, além de ordenar o depósito integral imediato do que resta do 13º salário do funcionalismo.

FONTE: EXTRA

7 comentários:

  1. Não podemos da bobeira ele não tem argumento nem moral pra recorrer dia 3 todos nas ruas se possível entrevistar o povo colocar fitinhas e mostrar tudo na TV pra vê se ele larga o osso e mete o pé esse babacao

    ResponderExcluir
  2. Perplexo seu ordinários está o povo brasileiro com VC e o da sua espécie corja nojenta

    ResponderExcluir
  3. ESSE MISERÁVEL DO PÉ GRANDE É MUITO CARA DE PAU;ESTÁ SE ACHANDO INJUSTIÇADO,É UM BOM FDP,ISSO É O QUE ELE É.

    ResponderExcluir
  4. ESTE TAL DE PEZAO ACHA ERRADO PAGAR QUEM TRABALHA???? É MUITO CARA DE PAU.

    ResponderExcluir
  5. ESSE PÉ GRANDE TEM MAIS É QUE SER PRESO.

    ResponderExcluir
  6. O Judiciário confiscou o dinheiro do fundo do CBMERJ e PMERJ para gastar no CARNAVAL ,enquanto Policiais e Bombeiros trabalham sem nenhum $ no bolso . Agora amigos ,chama o Chapolin Colorado .

    ResponderExcluir
  7. EM 2015 OS BRASILEIROS SONEGARAM 420 BILHÕES DE REAIS DE IMPOSTOS ( COMPRA RECIBO PARA ABATER IMPOSTOS,DECLARA O VALOR VENAL ABAIXO DO REAL, DAR CARTEIRADA EM BLITZ, ETC...., E DEPOIS CRITICAM OS POLÍTICOS QUE É ESPELHO DA SOCIEDADE.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.