segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Sai hoje parcela do 13º salário para 420 mil

O Estado do Rio paga hoje a segunda parcela da quitação do 13º salário para 420.099 servidores ativos, aposentados e pensionistas que não optaram pelo crédito consignado especial. Segundo o governo, será depositado hoje nas contas do funcionalismo um valor total de R$107,6 milhões. Ao todo, são 199.909 ativos do Poder Executivo e 145.529 inativos e 76.661 pensionistas do Rioprevidência.

Por questões técnicas, o valor será creditado ao longo do dia na conta dos servidores. A parcela terá acréscimo de 1,93% a título de indenização pelo não pagamento total da segunda metade do 13º salário, que foi parcelada em cinco vezes. A última será paga em abril. O calendário de pagamento de 2015 previa o depósito da segunda metade do abono natalino no dia 17 de dezembro.

Na semana passada, quando o Estado do Rio pagou salários e benefícios de todos os servidores do Poder Executivo, a maioria deles recebeu entre o fim da manhã e no período da tarde. Mas houve casos em que o dinheiro foi liberado para o servidor somente no dia 13, principalmente para os que optaram pela portabilidade para receber os seus vencimentos.

Ainda de acordo com o estado, do período de 21 de dezembro de 2015 a 8 de janeiro, 92.082 servidores solicitaram o crédito consignado especial para a quitação da segunda metade do 13º salário. O valor total foi de R$ 199,94 milhões, entre operações feitas pessoalmente e nos terminais de autoatendimento do Bradesco. Do total de empréstimo concedidos, 28.680 foram efetuados nestes terminais.

Atualmente, está aberta a segunda etapa para quem deseja antecipar as três parcelas restantes. A linha de crédito especial não tem impacto sobre as margens consignáveis dos servidores e mesmo aqueles que estejam sem margem ou sejam extraquadros poderão fazer a operação. O financiamento pode ser feito por quem fez portabilidade.

FONTE: O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.