sábado, 27 de fevereiro de 2016

Câmara dos Deputados discute projeto de unificação das polícias Civil e Militar


Os representantes dos delegados da Polícia Civil participarão de uma audiência pública na Câmara do Deputados, na próxima terça-feira, para debater a unificação das polícias Civil e Militar. O debate ocorrerá na Comissão Especial. O texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) prevê que a PM terá competência para realizar o “ciclo completo de polícia”, durante a perseguição penal, além das atribuições de polícia ostensiva e de preservação da ordem pública.

FONTE: EXTRA

8 comentários:

  1. Vontade de demostrar poder, olhar e dizer EU mudei a constituição. Qualquer quadrúpede vê q isso não da certo....

    ResponderExcluir
  2. A polícia Militar (Coronel )vai igualar o poder,apenas o poder , o salário vai continuar diferentes.

    ResponderExcluir
  3. A pec 430/2009 é quase perfeita, ela extingue a PM e p civil e cria a polícia estadual. Ninguém vai para casa de ninguém, as casas acabam e todos vão morar em uma casa nova. E os BMs?
    Se tornam corpo de bombeiros estadual. Só que aproveitando uma intenção do gov de federalizar todas as polícia,, nós deveríamos trabalhar em Brasília para independente das polícias nós nos tornarmos CORPO DE BOMBEIROS FEDERAL e passarmos a ser co irmão da Prf. Parece doidera mas muita coisa está mudando e os Gvs sabem que na corrente de retorno tem que nadar com ela e sair na hora certa.

    ResponderExcluir
  4. Ainda existe policiais militares otário não percebem que é mais carga no lombo velho de guerra, acham que terão vantagens, não esquecem que estão tirando cargas das costa do judiciário e pondo no rabo do Pm.

    ResponderExcluir
  5. Debates e mais debates! Pra que serve isso? E o pior para as Olimpíadas de uma hora para outra já estão até aprovando lei antiterrorismo! E td que se refere a benefício da segurança pública e leis mais duras está sempre em debate e nunca se resolve nada!

    ResponderExcluir
  6. Mais um passo na direçao do comunismo!! Acho importante vcs demostrarem mais claramente (se forem capazes) omsignificado da aprovaçao desse projeto. Inclusive, acho importante o dep Daciolo se posicionar contrariamente a este absurdo, tendo em vista q este e mais um passo desses esquerdopatas (de merda -perdoem a palavra) na tentativa d implantar o comunismo por aqui. Vamos arrancar o Pt e toda legiao d demonios (comunistas) d uma vez p sempre d poder.
    Deus abençoe a nossa naçao e de discernimento ao nobre deputado dito cristao.

    ResponderExcluir
  7. Unificando, iguala o salário e diminui a diferença, equiparando quem entrar ao teto do INSS. Para o Estado é ótimo, vai retrair salários e reduzir gastos com aposentados. Por outro lado perde o poder de controle pois não serão mais militares, e sim servidores civis com direito à greve.

    ResponderExcluir
  8. Enquanto isso, o outro pagando de bom moço, amarrado no saco daquele que nos tirou a paridade com o salário mínimo, tá só cercando e furando os olhos da gente. Nós já vimos isso antes na corporação.Querendo colocar a canga de novo na gente e fazendo acordo por fora $$$$$$. Fora majorsinho, com a sua troupe de capachos.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.