terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Debandada de PMs

O comandante da PM, Edison Duarte, está em alerta com a debandada da corporação. Semana passada, 80 policiais — entre oficiais e praças — pediram para ir para a reserva. O número é considerado bem acima da média, às vésperas da Olimpíada. A avalanche é resultado do anúncio do aumento da contribuição previdenciária, de 11% para 14%.

A PM montou uma comissão para analisar as questões previdenciárias. O grupo apresentará um parecer sexta-feira. Os policiais se uniram aos militares do Corpo de Bombeiros. Isso porque muitos oficiais também estão querendo passar para a reserva. E como repor a mão de obra é complicado, tem muito coronel sem dormir.

FONTE: O DIA

Um comentário:

  1. O governo que falou em valorizar o servidor durante toda a campanha, agora elegeu esse mesmo servidor como vilão da crise, junte-se a isso escalas análogas a escravidão,risco de morte altíssimo,incerteza de recebimento de salários,é muito incentivo não acham?

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.