segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Estado do Rio paga a terceira parcela do 13º salário

Na próxima quarta-feira o governo do estado paga a terceira parcela da segunda metade do 13º salário dos servidores do Executivo, além de aposentados e pensionistas. As demais vão ser depositadas nos dias 17 de março e 18 de abril. Os valores serão pagos com a correção de 1,93% para quem não quis contratar consignado para quitar as parcelas restantes. Hoje abre um novo prazo para que o servidor procure uma agência do Bradesco e contrate o financiamento que será descontado da conta do funcionário, mas que será quitado pelo governo.

Segundo a Secretaria Estadual de Planejamento, desde 21 de dezembro foram feitos 99.805 empréstimos para a quitação do 13º salário, no valor total de R$127 milhões, considerando as operações feitas pessoalmente pelos servidores nas agências e nos terminais de autoatendimento.

O parcelamento do abono salarial foi anunciado em dezembro, diante do agravamento da crise financeira nas contas do estado. Naquele mesmo mês foi divulgada a alteração no calendário de pagamento do servidor. Todos começaram a receber na mesma data, ou seja, 7º dia útil para quem é estatutário e 5º dia útil para quem é celetista (carteira assinada).

Também pela alta movimentação nas agências do Bradesco, o banco resolveu abrir mais cedo nos dias de pagamento do funcionalismo e no dia útil seguinte à data. As agências vão abrir às 8h e no horário de 9h nos municípios em que o funcionamento inicia às 11h. A proposta inicial é manter estes horários até abril.

Mesmo com a alteração no calendário de pagamento, por enquanto, os servidores do Executivo foram os únicos que sentiram as mudanças no bolso, pois os servidores do Poder Judiciário vêm conseguindo receber no último dia útil do mês por meio de decisões tanto do Tribunal de Justiça do Rio quanto do Supremo Tribunal Federal. Os servidores do Judiciário têm garantia constitucional de receber no último dia útil do mês. O pagamento é feito usando parte do duodécimo que tem que ser repassado pelo Executivo até o dia 20 de cada mês.

FONTE: O DIA

Um comentário:

  1. Todos. Nos ficamos com a margem negativa que absurdo estão fazendo com nós servidores???

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.