quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Estado pagará salário de janeiro a 506 mil servidores até a próxima quinta-feira

Mais de oito mil funcionários que receberão nesta sexta-feira terão salário creditado no quinto dia útil do mês subsequente

Rio - O Governo do Estado do Rio de Janeiro vai pagar até a próxima quinta-feira o salário de janeiro a 506 mil servidores públicos. Nesta sexta-feira, 8.315 funcionários de 13 empresas receberão o pagamento. Segundo o calendário de pagamento deste ano, publicado no Diário Oficial, este grupo de servidores terá o salário creditado no quinto dia útil do mês subsequente ao trabalhado.

Já os 497.702 servidores ativos das administrações direta e indireta do Poder Executivo e inativos e pensionistas do Rioprevidência receberão na próxima quinta-feira.


Estado paga salário de janeiro a 506 mil servidores até a próxima quinta-feiraFoto: Foto: Levy Ribeiro / Agência O Dia

Nesta quinta-feira, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) autorizou que o governo estadual pegue o empréstimo de R$ 1 bilhão para cobrir as dívidas do Rioprevidência. O crédito será feito com o Banco do Brasil e tem prazo de pagamento de 180 meses, carência de 12 meses e taxa de juros de 19,43% ao ano. Na sessão extraordinária, estavam presentes 61 dos 70 deputados da Casa.

O projeto havia recebido 26 emendas, o que faria com que saísse de pauta e fosse votado em outra sessão, após a análise das propostas. Mas um acordo garantiu a aprovação, com a retirada das emendas, que foram incorporadas ao texto dentro do parecer da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

FONTE: O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.