domingo, 7 de fevereiro de 2016

Governo do Estado é intimado pelo STF a explicar atrasos na folha


A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu explicações ao governo do estado 

A ministra Cármen Lúcia, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu explicações ao governo do estado, em até dez dias úteis após sua intimação, sobre os atrasos de pagamento dos servidores públicos. O despacho foi feito sobre o pedido de extensão do mandado de segurança apresentado pelo Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), em dezembro, para garantir o recebimento do duodécimo constitucional — dinheiro do orçamento destinado ao Judiciário — em janeiro. O caso, agora, pode ganhar novos contornos, pois a ministra questionou os problemas em pagar, além do Judiciário, o restante funcionalismo estadual, aumentando o âmbito sobre uma nova decisão. No fim de janeiro, o governador Luiz Fernando Pezão pediu ajuda ao TJ-RJ para pagar os salários dos funcionários daquela Corte, o que não foi aceito.

FONTE: EXTRA

3 comentários:

  1. Eles tem que pedir o impeachment desse ladrão canalha oque falta escadaria da alerj não resolve oaque resolve é ação para tirar logo esse babacao horroroso da política vamos pedir logo enquanto o STJ tá com a gente
    JUNTOS SOMOS FORTES

    ResponderExcluir
  2. ESTÁ INTIMADO MAS,NÃO SE INTIMIDOU.

    ResponderExcluir
  3. já vimos outras vezes o governador ignorar o judiciario,talvez se algum juiz ordenasse sua prisão por descumprimento de ordem,ele mudaria de atitude,mas cadê um juiz com pulso para isso.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.