quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Na raiz da crise financeira do estado


Governador Pezão: mais de R$ 6 bilhões em dívidas para pagar em 2016 Foto: André Coelho / Agência O Globo


Ao pedir à Assembleia Legislativa que autorize a extinção de seis fundações e uma autarquia, o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB) jura que a reestruturação vai gerar uma economia de R$ 88 milhões.

Mas o montante é irrisório perto das pendências que o moço tem para pagar este ano.

Mesmo com a liminar do Supremo Tribunal Federal (STF), que excluiu royalties do cálculo da dívida com a União, Pezão ainda tem que arcar com cerca de R$ 6,6 bilhões de juros, encargos e amortização.

Trocando em miúdos, são mais de R$ 500 milhões por mês em pagamento de dívidas.

Diante disso, o que são estes R$ 88 milhões?

Crédito

E Pezão está com a margem de endividamento bem limitada — ou seja, tem pouco espaço para novos empréstimos.

De acordo com cálculos do deputado Luiz Paulo Corrêa da Rocha (PSDB), presidente da Comissão de Tributação da Assembleia Legislativa, o governador só pode contrair mais R$ 1,1 bilhão em dívidas.

FONTE: EXTRA

2 comentários:

  1. Agora o governador quer negociar com a ALERJ a manutenção da FIA, Santa Cabrini e Leão XIII, em troca do reajuste no Rio Previdencia (conforme noticiado no jornal O Dia, 12/02/2016). Na realidade essas fundações não tem que fechar e o Rio Previdencia não tem que ser mexido!!! A intenção do governo é alcançar os 60% da LRF e exonerar servidores, baseado no art. 169 da CF/88. Não sei deixem enganar!!! O jogo é sujo! Estaremos de olho no voto de cada deputado. PMDB no Rio NUNCA MAIS!

    ResponderExcluir
  2. Agora o governador quer negociar com a ALERJ a manutenção da FIA, Santa Cabrini e Leão XIII, em troca do reajuste no Rio Previdencia (conforme noticiado no jornal O Dia, 12/02/2016). Na realidade essas fundações não tem que fechar e o Rio Previdencia não tem que ser mexido!!! A intenção do governo é alcançar os 60% da LRF e exonerar servidores, baseado no art. 169 da CF/88. Não sei deixem enganar!!! O jogo é sujo! Estaremos de olho no voto de cada deputado.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.