segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

RJPrev tem novo simulador de aposentadoria

A Fundação de Previdência Complementar do Estado do Rio (RJPrev) lançou um novo simulador em seu portal na internet, em www.rjprev.rj.gov.br que oferece mais funcionalidades aos servidores que já contribuem para a entidade. A nova versão traz, além da simulação do benefício mensal que o funcionário receberá quando se aposentar, novidades em relação a informações sobre a reserva acumulada, benefício fiscal de IR, renda total projetada na aposentadoria (a do RJPrev a mais a que será paga pelo Rioprevidência), entre outras. Confira abaixo um exemplo de simulação:


Desde 4 de setembro de 2013, os servidores que são empossados e recebem acima do teto do INSS (R$ 5.189,82) têm que contribuir para o regime complementar para receberam aposentadoria com valor próximo ao salário da ativa.

O diretor-presidente da RJPrev, Halan Morais (foto), destacou que o servidor tem a opção de programar sua aposentadoria, já que o simulador possibilita criar diversas situações, alterando variáveis como: tempo de contribuição, valor da contribuição e idade na aposentadoria, “o que permite visualizar a importância de começar cedo a contribuir para a previdência complementar”.


Morais também destacou que a RJPrev está atenta às melhorias de práticas de governança corporativa. Por isso, a entidade implementou o mapeamento dos processos e o monitoramento e controle de riscos: “Com o procedimento é possível identificar, prevenir e mitigar riscos, além de assegurar a execução dos planejamentos traçados, avaliando sua eficiência”. Segundo ele, esses processos permitem construir visão mais precisa dos riscos, priorizar ações e tomar decisões relacionadas a questões financeiras e operacionais.“O participante é o principal beneficiado por esse processo”, disse Morais.

FONTE: O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.