quinta-feira, 17 de março de 2016

13º salário sai nesta quinta-feira para 420 mil

O Estado do Rio deposita hoje a quarta parcela da segunda metade do 13º salário para os servidores ativos, inativos e pensionistas que não optaram pelo crédito consignado especial no Bradesco. O depósito da penúltima parte será no valor total de R$ 114,3 milhões e contemplará 420.099 servidores.

De acordo com a Secretaria Estadual de Planejamento e Gestão (Seplag), são 199.909 ativos do Poder Executivo e 145.529 inativos e 76.661 pensionistas do Rioprevidência. Assim como tem ocorrido com o depósito dos salários, os valores serão creditados nas contas ao longo do dia, inclusive após o encerramento do expediente bancário.
A parcela creditada hoje na conta dos servidores terá correção de 1,93%. É uma indenização pelo fato de o governo não ter pago a segunda metade do 13º salário em dezembro do ano passado.

A última parcela sairá no dia 18 de abril. De acordo com a Secretaria Estadual de Planejamento, a metade do abono de Natal foi paga antecipadamente, no dia 31 de julho do ano passado. A segunda metade foi dividida em cinco parcelas: 17 de dezembro, 18 de janeiro, 17 de fevereiro, a que será paga hoje, 17 de março, e a próxima, em 18 de abril. Os servidores do Estado do Rio sofreram nova alteração no calendário de pagamento, após o governo atrasar em dois dias a data de pagamento dos salários e benefícios.

FONTE: O DIA

2 comentários:

  1. O governo não atrasou o pagamento dos salários e benefícios em 2 dias e sim em 5 dias úteis, o que é totalmente diferente!!!

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.