terça-feira, 26 de abril de 2016

Bombeiros não têm condições para combater incêndio na Pedra do Frade

Parque está sem brigada, e equipes levariam 12 horas de caminhada para chegar ao local




O incêndio na Pedra do Frade - Simone Saviolo

RIO - A pequena equipe de bombeiros do posto do bairro do Frade, em Angra dos Reis, está tendo problemas para combater um incêndio que começou na manhã de domingo, destruindo a vegetação da Mata Atlântica, próximo à Pedra do Frade, na Serra da Bocaina. Com poucos recursos, a corporação não consegue chegar ao local de difícil acesso.

— São 12 horas de caminhada em mata fechada da costa até a Pedra do Frade. Nossa equipe é pequena, e não temos recursos necessários para combater as chamas. Nesta segunda-feira, o comandante do 10º Grupamento de Incêndio de Angra dos Reis vai comunicar a situação ao Quartel Geral do Corpo de Bombeiros, no Rio. Será solicitada ainda uma aeronave — disse um bombeiro, acrescentando que, do posto de bombeiros, consegue ver a fumaça no alto da pedra, a cerca de 908 metros de altitude.

O Parque Nacional da Bocaina, como as outras reservas ecológicas do Rio, está sem equipes de brigadas. Além disso, o tempo seco favorece as queimadas nesta época.


Fogo atinge a Pedra do Frade desde domingo - Thiago Avenilino / Arquivo pessoal

Funcionários da sede do Parque da Bocaína, já em São José do Barreiro, em São Paulo, confirmam a informação de que estão atualmente sem brigada de combate às chamas. Por isso, não souberam informar detalhes sobre o incêndio.

O diretor do Parque Nacional de Itatiaia, Gustavo Tomzhinski, disse que também está sem brigada e que um novo grupo deve ser contratado em maio. Ele acha pouco provável que o incêndio na Pedra do Frade tenha ocorrido por combustão espontânea.

— Como não estamos em época de raios, acredito que o incêndio na Pedra do Frade tenha sido provocado por imprudência — disse Gustavo, acrescentando que está preocupado com incêndios que possam a vir ocorrer também na reserva de Itatiaia devido ao período de estiiagem.

FONTE: O GLOBO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.