Previsão do tempo:
Tempo negro.
Temperatura sufocante.
O ar está irrespirável.
O país está sendo varrido por fortes ventos.
Máx.: 38º, em Brasília.Mín.:5º, nas Laranjeiras.

terça-feira, 26 de abril de 2016

Defensoria arresta R$ 648 milhões e 137 mil aposentados devem receber nesta quarta


Agência do Bradesco onde está sendo feita a penhora das contas do governo para pagamento dos pensionistas 

Acabou o sofrimento para 137 mil aposentados e pensionistas. No início da noite desta terça-feira foi efetivado o arresto integral para pagamento dos inativos, no valor de R$ 648.724.494,79, segunda a Defensoria Pública. A expectativa é que todos os aposentados e pensionistas recebam seus vencimentos nesta quarta-feira.

Durante a tarde, as defensoras Elisa Cruz e Samantha Oliveira acompanharam três oficiais de justiça que fizeram as diligências em agências do Banco Bradesco, da Caixa Econônica Federal e do Banco do Brasil. O dinheiro foi recolhido somente às 19h.

As defensoras assinaram a ação civil que ordenou o pagamento imediato dos servidores. Na semana passada, com o descumprimento da ordem que quitar a dívida com os 137 mil inativos, foi pedido o arresto dos valores necessários. A Justiça, porém, preferiu analisar o caso.

Na última segunda-feira, o Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) decidiu como inconstitucional o decretou que adiou o pagamento de quem recebe mais de R$ 2 mil líquidos. A decisão abriu caminho para o arresto dos valores nesta terça-feira.

Pelo fim do horário bancário, os servidores só devem receber seus benefícios nesta quarta-feira. A expectativa é que a Defensoria reúna os dados necessários para as trasnferências, os passe para o Banco Brasdesco, para assim todos os 137 mil servidores recebam seus proventos de março.

FONTE: EXTRA