sexta-feira, 22 de abril de 2016

Dornelles promete não cortar pontos enquanto houver negociação por fim da greve


Servidores terão respeitado o direito de GREVE

Durante reunião entre o Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado do Rio (Muspe) e o governador em exercício, Francisco Dornelles, ficou a promessa, por parte do governo, de não cortar pontos de grevistas enquanto houver negociações para o fim de paralisações de determinadas categorias.

Essa promessa foi festeja pelos servidores. Muitos alegam que estão sob assédio de gestores e corporações. Dornelles garantiu que o direito de greve será respeito e ainda solicitou ao Muspe que envie sugestões para o fim da crise. Hoje, os servidores que aderiram à greve de suas categorias estão recebendo código 61 (falta por greve). O código 30 (falta) não está sendo aplicado.

Segundo líderes do Muspe, a reunião que aconteceu com Dornelles na noite de quarta-feira por pouco não foi cancelada. Na terça, o movimento foi informado de que a realização de um panelaço organizado por aposentados, em frente ao Palácio Guanabara, faria com que a reunião fosse cancelada. O protesto aconteceu, mas a reunião acabou mantida. Foi o primeiro encontro de Dornelles com os servidores desde o início da crise.

FONTE: EXTRA

3 comentários:

  1. ACREDITEM SER QUISEREM.

    ResponderExcluir
  2. Ele poderia liberar os bombeiros de fazer expediente! Assim ficariam na prontidão até o fim da crise.

    ResponderExcluir
  3. Senhores dizem que o Desgovernador Dorneles está com ALZHEIMER, será verdade.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.