sexta-feira, 8 de abril de 2016

Governo do Rio vai priorizar salários de professores e policiais; restante da folha será parcelado



O governador em exercício, Francisco Dornelles (PP), criou uma política diferente para pagar os salários de março dos servidores. O Executivo definiu uma lista de “carreiras de estado”, consideradas fundamentais e que receberão seus salários de uma só vez no dia 14, 10º dia útil do mês. A decisão prevê salário integral para três categorias: professores, policiais civis e policiais militares. A decisão foi tomada durante reunião, na tarde desta quinta-feira, entre o governador e secretários de governo.

A lista das “carreiras de estado” inclui outras categorias, como a dos bombeiros, dos agentes penitenciários (que integram a segurança pública do Estado), dos auditores fiscais e dos procuradores estaduais. O pagamento integral desses servidores dependerá da arrecadação. O restante do funcionalismo, como o EXTRA antecipou, receberá seus salários de forma parcelada. Resta o governo definir como será feito esse parcelamento.

O governo do estado promete para esta sexta-feira o anúncio de como será o pagamento dos servidores. Dornelles, em conversa com o EXTRA, confessou que a ideia de priorizar categorias o agradava, e citou professores e categorias da segurança pública.

Na próxima semana, o Movimento Unificado dos Servidores Públicos (Muspe) terá uma audiência pública com o governador Fracisco Dornelles, marcada para o dia 13 de abril, no Palácio Guanabara. O funcionalismo estadual completou três dias de greve geral com prazo indeterminado.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.