quinta-feira, 7 de abril de 2016

HONRA A QUEM TEM (E MERECE) HONRA

Estou aqui para relatar a indignação dos militares do DBM 2/9, o qual a guarnição de serviço no ultimo 27/03,realizou com maestria o socorro aos colegas bombeiros envolvidos no evento de colisão de veículos, na rodovia amaral peixoto em rio das ostras. 

A vtr V4-094 transportava bms que participaram de uma maratona em Macae, colisão envolveu 3 veículos, com vítimas presas as ferragens, e mesmo com a guarnição reduzida, sendo 6 bombeiros apenas (3 ABS e 3 ASE) os guerreiros conseguiram realizar um belo trabalho em equipe, que resultou no salvamento de 16 vítimas parciais removidas para o pronto socorro municipal de rio das ostras, sem precisar acionar auxílio do GBM. 

Mas mesmo com o reconhecimento da população que inclusive visitaram o DBM no mesmo dia para parabenizar a prontidão, e também o reconhecimento dos colegas acidentados, que não se pouparam em agradecer e elogiar as ações das guarnições, pois os mesmos observaram a falta de efetivo, o que nos causou imensa tristeza e visualizar no boletim de hoje o Cel BM Ajudante Geral elogiando individualmente o comandante do 9 GBM e outro oficial pelo referente trabalho envolvido nesse evento. 

E uma falta de respeito para com os praças que ali fizeram o seu melhor para preservar as vidas das vítimas, e sequer foram citados por nenhum elogio, tanto do próprio comandante, tão pouco do ajudante geral!! 😡😡

Reintero ainda que nem o Cel Éric elogiado pelo Ajudante Geral, bem como nenhum oficial participou do socorro, sequer compareceram no local!

RECEBIDO POR EMAIL

14 comentários:

  1. Este é o nosso Corpo de Bombeiros. Parabéns à guarnição que efetuou o socorro,nada mais...
    . Sgt BM R/R - Brito.

    ResponderExcluir
  2. Absurdo! Não fazemos nada esperando reconhecimento da corporação mas daí o comando geral elogiar quem provavelmente estava na praia curtindo seu domingo é SACANAGEM... Se ele não teve nem a hombridade de elogiar a guarnição como forma de incentivo, que dirá se fazer presente no local... Lamentável!

    ResponderExcluir
  3. Absurdo! Não fazemos nada esperando reconhecimento da corporação mas daí o comando geral elogiar quem provavelmente estava na praia curtindo seu domingo é SACANAGEM... Se ele não teve nem a hombridade de elogiar a guarnição como forma de incentivo, que dirá se fazer presente no local... Lamentável!

    ResponderExcluir
  4. São uns Cels feitos nas coxas.........tem um monte\\\\\\!

    ResponderExcluir
  5. Absurdo! Não fazemos nada esperando reconhecimento da corporação mas daí o comando geral elogiar quem provavelmente estava na praia curtindo seu domingo é SACANAGEM... Se ele não teve nem a ombridade de elogiar a guarnição como forma de incentivo, que dirá se fazer presente no local... Lamentável!

    ResponderExcluir
  6. Esses Cel são tudo camaleões. Por isso qdo passam para a inatividade são ignorados, vejam os exemplos: Cel Marcos Silva, Manhaes, Osama, Duarte, Jorge Lopes, Marivaldo e assim vai....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É assim com todos reformados, praças e oficiais...

      Excluir
  7. Isso ja aconteceu comigo, quando retornava de Itaperuna em meu primeiro serviço observei uma colisao de dois onibus na av Brasil fte viaduto dos Marinheiros. Fiz junto com populares varios salvamentos encaminhando as vitimas em varros particulares e quando apareceram viaturas de Campinho Ramos Parada de Lucas Caxias praticamente tds vitimas ja haviam sido removidas para hospital e no local so as fatais. E o cmt do socorro mais antigo q chegou no local era o Ten ou Cap Araty um moreno de Campinho. Nossa nem obrigado bombeiro nem uma carona ate minha residencia em Guadalupe onde cheguei com minha farda tofa suja de sangue. Nunca esperei nada mais esta e a oportunidade de desabafar. Nao sou anonimo sou o 1 Sgt bm Ref maurilio da Silva prado - fervedouro - mg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maurílio, que bom saber notícias suas, que você está firme e forte. Todos que tiveram o prazer e o privilégia de te conhecer na ativa e nos trabalhos de Defesa Civil aí em Minas reconhecem o seu valor. Mas o mais importante não é o agradecimento dos homens... e sim dos Céus, quando chegar a hora certa de todos nós. Grande abraço amigo, que Deus continue a te proteger e abençoar.

      Excluir
  8. E esses coronéis por um acaso são militares, eles deveriam ir aprender sobre isso nas forças armadas, aprender que o elogio é dado ao militar que prestou tal destreza de trabalho. É vergonhoso. E o comandante desta unidade elogiou seus militares em boletim ou fez de boca como muitos fazem.

    ResponderExcluir
  9. Isso nao e novidade....os oficiais vivem nas sombras dos praças que carregam nas costas o cbmerj...

    ResponderExcluir
  10. Amigão nas forças armadas é pior eles São doentes mesmo só pensam neles e lasca cadeia no praça. Não adianta. Oficial é corporativismo puro. Infelizmente .o importante mesmo é a sua satisfação em saber que foi útil pra vida alheia .nunca espere reconhecimento deles pois não terá.

    ResponderExcluir
  11. É simplesmente vergonhoso!A grandiosidade da inversão de valores já existe ha muito tempo na corporação. Graças a Deus ainda temos homens de brio e garra nesta inestimável e amada profissão. Parabéns companheiros pela dedicação e amor ao próximo!

    ResponderExcluir
  12. Amigão nas forças armadas é pior eles São doentes mesmo só pensam neles e lasca cadeia no praça. Não adianta. Oficial é corporativismo puro. Infelizmente .o importante mesmo é a sua satisfação em saber que foi útil pra vida alheia .nunca espere reconhecimento deles pois não terá.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.