quinta-feira, 7 de abril de 2016

Rio vai esperar União mudar sua previdência

O governo do Rio desistiu de enviar novamente, agora, para a Assembléia Legislativa, o pacote com 12 medidas que deveriam sanear as finanças, aumentar as receitas e rever o sistema 
previdenciário do estado. 

O pacotão era conhecido como a nova Lei de Responsabilidade Fiscal Estadual, e chegou a ser enviado para a Alerj em janeiro—sendo retirado em seguida, sob protestos dos servidores e até de deputados (inclusive da base aliada). 

Segundo o governador em exercício, Francisco Dornelles (PP), o governo federal também está preparando a sua nova Lei de Responsabilidade Fiscal, que tem vários pontos em comum com a do Rio — em especial, novas regras previdenciárias. 

Quando o projeto federal for aprovado no Congresso, será muito mais fácil implantar as mesmas medidas no estado. 

E o desgaste, muito menor. 
Polêmicas 


Entre os pontos de maior conflito está o aumento da contribuição para o Rioprevidência — o desconto de 11% passaria para 14% no contracheque dos servidores estaduais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.