quinta-feira, 7 de abril de 2016

Sem dinheiro da passagem, bombeiro tenta ir caminhando da Ilha até Niterói

Em nota, corporação diz que o militar tem o direito de ir a pé, mas deslocou uma viatura para 'evitar uma situação de risco'

Rio - A grave crise financeira do Estado fez com que um militar do Corpo de Bombeiros tivesse uma atitude inusitada nesta quinta-feira. Identificado como cabo Cruz, ele deixou a Ilha do Governador com o objetivo de chegar até a cidade de Niterói. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), ele não chegou a ingressar na Ponte Rio-Niterói e foi levado pela Corregedoria dos Bombeiros.

Em nota, o Corpo de Bombeiros afirmou que o "o militar tem o direito de deslocar-se a pé, desde que e o faça sem colocar em risco outras pessoas ou a si mesmo. Como o trajeto especulado incluiria a Ponte-Rio Niterói, foi enviada uma viatura para evitar situações de risco".

Ainda na nota oficial, o Corpo de Bombeiros informou que é solidário "com a dificuldade que o atraso do pagamento acarreta aos militares, entretanto isso não isenta os mesmos de arcarem com os custos para deslocarem-se até a unidade onde estão de serviço, especialmente devido à vital importância dos serviços prestados pelo Corpo de Bombeiros à sociedade".

Bombeiro caminha da Ilha do Governador para ir ao trabalho no Quartel de Charitas, em Niterói

FONTE: O DIA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.