quinta-feira, 14 de abril de 2016

Sem horas extras, três unidades dos bombeiros fecham no sul do RS

Comandos não estão conseguindo manter bombeiros em atividade em Rio Grande e Pelotas


Apenas uma das três unidades dos bombeiros em Rio Grande está em funcionamento

Três quartéis de bombeiros foram fechados na última sexta-feira (12) em Rio Grande e Pelotas, no sul do Estado. Sem suplementação de horas extras por parte do Governo do Estado, os comandos não estão conseguindo manter os bombeiros em atividade.

Segundo informações obtidas pela Rádio Gaúcha, apenas uma das três unidades dos bombeiros em Rio Grande está em funcionamento: o quartel central, na Rua General Vitorino. São dois caminhões para atender ocorrências em toda a cidade. As atividades foram temporariamente suspensas no Balneário Cassino e no Bairro Trevo.

Em Pelotas, o problema se repete. O quartel de bombeiros do Bairro Fragata fechou na sexta-feira e também depende do repasse de horas extras para reabrir. São quatro unidades ao total. De acordo com fontes ouvidas pela reportagem, é o terceiro ano consecutivo que unidades deixam de atender a população por falta de cotas de horas extras.

No verão, o pagamento de horas extras aumenta porque muitos bombeiros deixam as corporações para atuar na Operação Golfinho. A reportagem tentou, mas não conseguiu contato com o comandante do 3° Comando Regional dos Bombeiros (3° CRB).

FONTE: GAÚCHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.