sábado, 9 de abril de 2016

Servidores criticam governo do Rio por priorizar categorias e prometem novos atos



A decisão do governo do estado do Rio de priorizar professores e policiais, militares e civis, não foi bem recebida pelos servidores públicos. Em reunião do Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe), um grupo de 32 categorias — mais de 20 estão em crise — reforçou que a medida só reforça o estado de greve e o inconformismo com a crise.

— Representando o Sindicato dos Profissionais da Educação, reforço que, mesmo com o pagamento integral da Educação, não deixaremos o movimento. Essa posição só reforça o nosso sentimento de luta. Vemos que o governo tenta nos dividir com essa decisão — disse Gustavo Miranda, diretor jurídico do Sepe-RJ.

A promessa do Muspe é realizar um novo ato, marcado para o dia 14 de abril, em frente a Alerj, para protestar contra o parcelamento dos salários. O grupo também promete uma vigília, que vai acontecer em frente ao Palácio Guanabara, enquanto estiver acontecendo a reunião de líderes do movimento com secretários de governo.

FONTE: EXTRA

2 comentários:

  1. CONTRA O PACOTE DE MALDADE,SÓ TEM UMA AÇÃO QUE DE JEITO.PONTE RIO-NITERÓI.POIS MANIFESTAÇÃO ESTÃO CAGANDO PRA GERAL.

    ResponderExcluir
  2. PENSEM NISSO!!!!!!!!!!!10 de abril de 2016 09:45

    NÃO CONCORDO COM ESSA DIVISÃO, POIS ANO QUE VEM EU IREI PARA A RESERVA E NÃO GOSTAREI DE TER MEU PAGAMENTO PARCELADO. ENTÃO MEUS AMIGOS, VAMOS DEMONSTRAR NOSSA INSATISFAÇÃO COM ESSA MEDIDA TOMADA POR ESSE GOVERNO, QUE DESDE O INÍCIO NOS DIVIDIU A FIM DE ENFRAQUECER A NOSSA UNIÃO, POIS ELES SABEM QUE A MAIORIA DOS SERVIDORES PENSAM COM O BOLSO, E NÃO COM A CABEÇA.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.