sábado, 7 de maio de 2016

Defensoria questiona RioPrevidência sobre pagamento de inativos do Rio


A Defensoria Pública do Rio de Janeiro solicitou ao RioPrevidência que confirme se a previsão do pagamento de abril dos aposentados e pensionistas do Estado do Rio está mantida para o décimo dia útil de maio, conforme o Decreto nº 45.593.

O órgão também pediu esclarecimentos sobre qual solução será adotada, caso a resposta seja negativa. Os benefícios de março dos 137 mil servidores aposentados e pensionistas que ganham mais de R$ 2 mil líquidos só foram liberados no dia 27 de abril, após o fim do expediente bancário. O pagamento só foi possível porque R$ 648.724.494,79 foram “sequestrados”, por ordem judicial, das contas estaduais.

Na ocasião, uma gerente de banco chegou a ser presa por não obedecer à ordem judicial. funcionária alegou que não tinha autorização da sede do banco em Brasília para concluir o arresto. O Banco do Brasil era um dos três bancos que precisavam fazer a transferência ao Bradesco para efetivar o pagamento de aposentados e pensionistas.

FONTE: EXTRA