domingo, 26 de junho de 2016

Ajuda da União ao Rio chegará como ‘fundo perdido’ e será incluída como receita


Interlocutores que participaram da reunião entre o governador em exercício, Francisco Dornelles, e os chefes do Judiciário e do Executivo estaduais explicaram como será o lançamento contábil do socorro da União. Os R$ 2,9 bilhões chegarão a título de fundo perdido — verba repassada sem a previsão de reembolso por parte de quem os recebe.

O governo estadual terá, então, que incluir o valor como receita bruta e, também, como Receita Corrente Líquida (RCL) (fora da parcela do Orçamento destinada aos municípios, ao Judiciário e ao Legislativo). A medida seria uma forma de dar transparência fiscal quanto aos recursos que entrarão no caixa, além de permitir um maior controle sobre sua execução.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.