sábado, 25 de junho de 2016

Estado do Rio conta as horas para receber socorro da União e amenizar crise

Dornelles aguarda dinheiro 

Entre integrantes do governo do estado, a espera pelo socorro da União — de R$ 2,9 bilhões — impede qualquer previsão de investimento ou pagamento. A única certeza que se tem é que a ajuda chegará ao Rio. O problema é quando.

Entre interlocutores do governo, a previsão mais otimista é ter o dinheiro nos cofres na próxima terça-feira. Para isso, o presidente em exercício, Michel Temer, terá de editar definitivamente a medida provisória — a primeira publicação apenas previu o pagamento, mas o dinheiro não foi separado —, liberando a ajuda para a Olimpíada, na segunda-feira.

Caso o total esteja mesmo vinculado à Segurança Pública, o governo do estado remanejará o que tem em caixa para quitar a segunda parcela dos salários de maio a 393 mil servidores, além de pagar fornecedores, como é o caso da saúde. Com o dinheiro em mãos, os pagamentos poderão ser feitos até o dia seguinte ao repasse.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.