sexta-feira, 17 de junho de 2016

Estado negocia repasses com bancos

A Secretaria Estadual de Fazenda alega que os 'atrasos nos repasses foram pontuais e que já estão sendo regularizados'

Rio - A grave situação econômica do Estado do Rio tem feito o governo renegociar com bancos os repasses atrasados de operações de crédito consignado que foram feitas pelos servidores ativos, inativos e pensionistas. A Secretaria Estadual de Fazenda alega que os “atrasos nos repasses foram pontuais e que já estão sendo regularizados”. A pasta informou ainda que isso ocorreu devido aos arrestos nas contas do estado para pagar os salários que, somente em abril, ultrapassaram R$ 750 milhões, “dificultando significativamente a gestão do caixa”.

A Fazenda confirmou que tem feito reuniões com instituições financeiras sobre empréstimos consignados e que os encontros têm como objetivo evitar atrasos nos repasses e informar os bancos sobre as dificuldades financeiras do estado.

Segundo fontes da Associação Brasileira de Bancos (ABBC), o estado ficou de apresentar uma proposta às instituições a fim de renegociar os repasses. Mas a sugestão ainda não foi indicada. Os principais bancos que vêm tendo problemas são o Bradesco (responsável pelo pagamento da folha do funcionalismo) e o Itaú, que concentra a maioria dos que pediram portabilidade. Além disso, os servidores que têm o consignado enfrentam problemas para pagá-lo, já que seus rendimentos são pagos com atraso.

DEFENSORIA COBRA DATA DA 2ª PARCELA

A Defensoria Pública aguarda hoje a informação do estado sobre a data de pagamento da 2ª parcela do salário de servidores. O órgão notificou ontem as secretarias de Fazenda e de Planejamento para que respondam em até 24 horas. Confirmou que o estado recebeu o ofício e espera a resposta para tomar medidas judiciais. O estado informou que não foi notificado.

FONTE: O DIA

Um comentário:

  1. IMPEACHEMNT JÁ!!!
    INTERVENÇÃO JÁ!!!
    QUALQUER COISA PARA TIRAR O PMDB DO GOVERNO, INCLUSIVE O PRESIDENTE DA ALERJ QUE ESTÁ CONIVENTE COM ESSA SACANAGEM TODA. ACORDEM MUSPE VAMOS AGIR IMEDIATAMENTE!!!!

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.