quarta-feira, 22 de junho de 2016

Governo do Rio deve procurar União para novos ‘socorros fiscais’ nos próximos meses


Michel Temer citou ajuda para Olimpíada para justificar socorro 

O presidente em exercício, Michel Temer assinou, enfim, a medida provisória (MP) para prestar apoio financeiro de R$ 2,9 bilhões ao Estado do Rio de Janeiro em função dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O valor ajuda, na visão do governo, a sanar o que é “urgente”, como a conclusão das obras da Linha 4 do metrô e o pagamento de horas extras a policiais militares, mas não tira a corda do pescoço de quem gere as finanças.

Para pessoas próximas ao governo estadual, a MP assinada é o primeiro passo para zerar o rombo nas contas públicas. A ideia é que outros resgastes aconteçam até o final do ano. O governo federal está ciente da dificuldade do Rio e vai estudar formas de ajuda nos próximos meses.

— O Rio de Janeiro tem um déficit, só com previdência, superior a R$ 12 bilhões. Está claro que novas conversas devem acontecer daqui para frente — disse uma pessoa próxima ao governador em exercício, Francisco Dornelles.

Não ficou estabelecido quando será feita a transferência do valor para as contas do Estado. Ela depende agora de abertura do crédito orçamentário para essa finalidade, o que deve acontecer até quinta-feira.

O governo do Rio deve agora apresentar o detalhamento sobre como o repasse feito pela União será utilizado no Estado. Dornelles já confirmou, por exemplo, que os bilhões não s

FORTE: EXTRA

Um comentário:

  1. IMPEACHEMNT JÁ!!!
    INTERVENÇÃO JÁ!!!
    QUALQUER COISA PARA TIRAR O PMDB DO GOVERNO, INCLUSIVE O PRESIDENTE DA ALERJ QUE ESTÁ CONIVENTE COM ESSA SACANAGEM TODA. ACORDEM MUSPE VAMOS AGIR IMEDIATAMENTE!!!!

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.