quarta-feira, 8 de junho de 2016

Governo do Rio anuncia reforma administrativa com cortes de secretarias e fim de programa social



O governador em exercício, Francisco Dornelles, anunciou as medidas previstas na reforma administrativa elaborada pelo Executivo nas última semanas. Das diversas ações, como o fim de cinco das 25 secretarias de Estado e o cancelamento do programa social "Renda Melhor", o cálculo do governo é de economizar R$ 1 bilhão por ano. As informações são da TV Globo. O déficit previsto pelos que comandam o Estado em 2016 é de R$ 20 bilhões.

As principais medidas estão sobre o corte de programas sociais. É o caso do programa “Renda Melhor”, que atende a 154 mil família em todo o Estado. Além dele, o programa “Renda Melhor Jovem”, que oferece ajuda de custo a estudantes, foi suspenso pelo governador Francisco Dornelles.

Das medidas administrativas, cinco secretarias serão incorporadas a outras pastas. É o caso da Secretaria de Habitação, que será absorvida pela Secretaria de Obras. O governo vai cobrar, também, o corte de 30% dos custos de todas as secretarias. As pastas de Educação, Saúde, Segurança Pública e Administração Penitenciária estão livres da obrigatoriedade, mas terão de cortas despesas.

Outra ação será a transferência de dez imóveis que pertencem ao Estado para a carteira imobiliária do Rioprevidência. O fundo será responsável por negociar os bens para utilizá-los no pagamento de aposentadorias e pensões. Nesta quinta-feira, serão publicados cinco decretos no Diário Ofical do Estado em que estarão detalhadas todas as medidas.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.