sábado, 25 de junho de 2016

Sem dinheiro para passagem, bombeiros vão a pé para quartel no Rio

parte do grupo que foi a pé para o quartel 

Um grupo de cerca de 20 bombeiros precisou andar das 6h às 8h para chegar ao Quartel de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. Os militares não têm dinheiro para a passagem de ônibus e precisaram ir para o trabalho a pé, já que a segunda parcela do salário de maio ainda não foi paga pelo Governo do Estado do Rio. Os bombeiros se deslocaram da Estrada do Catonho até o quartel, que fica no Tanque.

O auxílio transporte da categoria tem valor de R$ 100 e é disponibilizado com o pagamento mensalmente, como explica o presidente da Associação dos Bombeiros Militares do Estado do Rio de Janeiro, Mesac Eflain:

— Geralmente, esse valor já não dá para a passagem do mês inteiro. Com o salário parcelado, então, os bombeiros ficaram sem esse dinheiro. Não é um protesto, mas uma questão de necessidade. Eles estão com contas atrasadas, sem dinheiro para nada.


parte do grupo que foi a pé para o quartel Foto: Arquivo pessoal

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.