quinta-feira, 23 de junho de 2016

Servidores protocolam pedido de impeachment contra Dornelles

Integrantes do Muspe enviaram documento, nesta quinta-feira, na Alerj. Funcionários estão em greve

Rio - Os servidores estaduais protocolaram um pedido de impeachment contra o governador em exercício, Francisco Dornelles, na tarde desta quinta-feira, por crime de responsabilidade por não destinar investimentos necessários para a educação e a saúde. O documento foi entregue pelos profissionais e integrantes do Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe) ao departamento de protocolos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

De acordo com um dos representantes do Muspe, Alzimar Andrade, o decreto de estado de calamidade pública, que foi publicado no Diário Oficial na última sexta-feira, é inconstitucional e prejudica a população. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Poder Judiciário (SindJustiça) afirmou ainda que os R$ 2,9 bilhões que o Estado recebeu do governo federal irão apenas para as Olimpíadas.

"Ele tem repassado menos verba para saúde e educação do que a Constituição prevê. A gente exige que ele gaste essa verba do governo federal para os servidores, na saúde, segurança e educação. O estado tem inflado os cargos comissionados, sem concurso", explicou Alzimar.

FONTE: O DIA

Servidores protocolam pedido de impeachment de Pezão e Dornelles na Alerj


Os líderes do Movimento Unificado dos Servidores Públicos do Estado (Muspe) protocolaram na Assembleia Legislativa do Estado (Alerj), às 16h30, o pedido de impeachment do governador do Estado, Luiz Fernando Pezão, e do governador em exercício, Francisco Dornelles, por crime de responsabilidade pelo não cumprimento dos investimentos constitucionais na saúde e na educação. O documento foi entregue ao departamento de protocolos da Alerj.

No pedido de impeachment, o Muspe alega que os chefes do Executivo desrespeitaram diversos preceitos constitucionais. A gota d’água foi o decreto de calamidade pública, anunciado na última sexta-feira, que coloca obrigações básicas da população em segundo plano diante da realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos no Rio de Janeiro.

FONTE: EXTRA


Um comentário:

  1. IMPEACHEMNT JÁ!!!
    INTERVENÇÃO JÁ!!!
    QUALQUER COISA PARA TIRAR O PMDB DO GOVERNO, INCLUSIVE O PRESIDENTE DA ALERJ QUE ESTÁ CONIVENTE COM ESSA SACANAGEM TODA. ACORDEM MUSPE VAMOS AGIR IMEDIATAMENTE!!!!
    ENTREM COM PEDIDO NO STF!!!
    O JUDICIARIO ESTADUAL ESTÁ OMISSO!!!

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.