sexta-feira, 10 de junho de 2016

SERVIDORES RECEBERÃO A PRESTAÇÃO - VERGONHA TOTAL DESSE GOVERNO

Governo do Rio define parcelamento dos salários de maio dos servidores do Estado; ativos da Educação terão depósito integral


Servidores criticam parcelamento 

Os salários de maio dos servidores do Estado do Rio serão parcelados. A conta será da seguente maneira: todos os mais de 460 mil servidores receberão R$ 1 mil dos seus vencimentos. Do valor que sobrar do vencimento total, será pago 50%. Um exemplo: caso o servidor receba R$ 5 mil, ele terá garantido R$ 1 mil do valor. Dos R$ 4 mil que sobraram, ele terá direito a R$ 2 mil, recebendo R$ 3 mil no total. O pagamento será feito no 10º dia útil, no dia 14 de junho.

No início da noite, o governo anunciou os detalhes. Segundo o Executivo, 70% da folha será quitada na próxima terça-feira. Todos os servidores ativos da Educação receberão seus salários de forma integral. O pagamento será via utilização de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

O primeiro pagamento custará R$ 1,1 bilhão aos cofres públicos, enquanto a folha total está orçada em R$ 1.568 bilhão. O restante devido aos demais servidores será pago até o fim do mês, de acordo com o governo. A data, porém, não foi estipulada.

O Estado tem de respeitar, porém, decisões do Tribunal de Justiça do Estado do Rio. O órgão especial do tribunal apontou que o governo não pode postergar um parcelamento até o mês seguinte da data do seu pagamento.

Ao menos desta vez, o governador em exercício, Francisco Dornelles, vai respeitar a regra de pagar a todos os servidores, sem priorizar ativos ou inativos. Desde o início do ano, o Executivo tem problemas para quitar a folha de pagamento. Nos vencimentos de março, por exemplo, o governo decidiu não pagar a 137 mil aposentados e pensionistas. A decisão foi criticada e acabou na Justiça.

FONTE: EXTRA

3 comentários:

  1. Cadê as manifestações ?! Hora de voltamos... não dá mais , falta de respeito total !

    ResponderExcluir
  2. Revoltante o que estão fazendo ! O Estado está sem dinheiro e está gerando o endividamento dos servidores, que estão com os trabalhos em dia ...

    ResponderExcluir
  3. Trabalho em dia e carga horária aumentada.. tá fod...

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.