terça-feira, 28 de junho de 2016

Socorro de R$ 2,9 bilhões para o Rio deve sair do papel na quarta-feira


O secretário Moreira Franco disse ontem que é preciso solucionar problemas burocráticos 

O socorro federal da ordem de R$ 2,9 bilhões, prometido ao Rio, depois de o governo decretar estado de calamidade pública, deverá sair do papel amanhã. O secretário-executivo do Programa de Parceria em Investimentos (PPI), Moreira Franco, disse, nesta segunda-feira, que é preciso solucionar problemas burocráticos, sem especificar quais, mas garantiu que o dinheiro será repassado integralmente ao Estado do Rio, afastando qualquer possibilidade de parcelamento, como temia o governo fluminense. Segundo fontes do Planalto, ainda há entraves no Tribunal de Contas da União (TCU) que estão atrasando o repasse.

Nesta segunda-feira, fez uma semana que o presidente em exercício, Michel Temer, publicou uma medida provisória autorizando o repasse. O secretário estadual de Fazenda, Julio Bueno, viajou a Brasília para tentar agilizar a liberação dos recursos. Ele se encontrou com técnicos do governo federal, mas ainda não conseguiu aparar todas as arestas para editar uma segunda medida provisória, essa, sim, liberando o dinheiro.

Segundo a União, o crédito deverá ser destinado à segurança durante a Olimpíada. O dinheiro seria o suficiente para arcar com os custos da Secretaria de Segurança por três meses, que consome R$ 940 milhões por mês. O pagamento da segunda parte do salário dos servidores estaduais, no entanto, continua incerto. Ainda não há data para pagar o que falta da folha de maio. Mas o martelo sobre remanejamentos será batido após a liberação dos recursos.

FONTE: EXTRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.