sexta-feira, 22 de julho de 2016

MAIS UMA DENÚNCIA CONTRA VEREADOR DO REDE - Mulher afirma que era funcionária-fantasma em gabinete de vereador


Estudante mostra os contracheques 

Uma ex-servidora da Câmara Municipal do Rio que era lotada no gabinete do major bombeiro e vereador Márcio Garcia (Rede) confessou que trabalhou como funcionária-fantasma na Casa Legislativa, nos seis primeiros meses de 2013.

De acordo com a delegada Renata Araújo, da Delegacia Fazendária, a mulher recebia no contracheque um valor líquido de R$ 4.630, mas não ficava com nenhum centavo. Ela, no entanto, repassava para um colega a responsabilidade de pagar um boleto com a mensalidade da escola do filho, cujo valor variava entre R$ 200 e R$ 300.

No depoimento, ela revelou que não comparecia ao trabalho e que o dinheiro de seu “salário’’ era sacado por um bombeiro ligado ao vereador, que a convidou para trabalhar no gabinete do oficial.

O militar ficava com o cartão bancário e a senha da servidora e era o encarregado de sacar o salário no fim do mês.

A mulher, que trabalhou como auxiliar de gabinete, foi exonerada no fim do mês de junho de 2013.

A Polícia Civil revelou que a mulher e outras quatro pessoas confirmaram, em seus respectivos depoimentos, a existência de um esquema no qual alguns servidores lotados no gabinete de Garcia teriam sido obrigados a devolver dinheiro, nos últimos três anos.

Uma das pessoas é uma estudante de 25 anos que recebeu valores que variavam entre R$ 10 mil e R$ 13 mil, em seu contracheque.

Em seu depoimento, ela alegou que era obrigada a devolver a maior parte do salário, e que recebia apenas valores entre R$ 500 e R$ 1.300.

Segundo a estudante, dois bombeiros que trabalham com Garcia, mas que não eram lotados em seu gabinete, a escoltavam até o banco onde ela sacava o dinheiro na boca do caixa.

Em seguida, os militares a acompanhavam até o gabinete, onde ela colocava a quantia num envelope e a repassava para a dupla.

Procurado, o vereador Márcio Garcia disse ter encaminhado ofício ao Tribunal de Justiça pedindo a quebra do próprio sigilo telefônico, fiscal e bancário.

FONTE: EXTRA

ACREDITAMOS NO TRABALHO DA POLÍCIA, CABE A QUEM ACUSA O ÔNUS DA PROVA, MESMO SABENDO QUE UM INQUÉRITO POLICIAL NÃO É ABERTO POR QUALQUER MOTIVO. 

DESEJAMOS QUE TUDO SEJA ESCLARECIDO O QUANTO ANTES, HAVENDO CULPADOS, QUE ESTES SEJAM PUNIDOS COM O RIGOR DA LEI, POIS ANTES DE SER UMA TRAIÇÃO AO PODER PÚBLICO, É UMA TRAIÇÃO AOS ELEITORES QUE ACREDITARAM NO VEREADOR. 

ANTES DE FAZER QUALQUER JUÍZO DE VALOR, VAMOS AGUARDAR O ENCERRAMENTO DO INQUÉRITO POLICIAL, NA ESPERANÇA DE QUE ESTE EPISÓDIO NÃO VENHA A MANCHAR MAIS UMA VEZ, UM MOVIMENTO VERDADEIRO, QUE SOFREU COM A HISTÓRIA DA MALA, TEVE SEU SITE OFICIAL PLAGIADO E VILIPENDIADO COM UMA SUPOSTA ASSOCIAÇÃO(sic) PARA CONCORRER COM A ABMERJ, A FIM DE SERVIR AOS INTERESSES POLÍTICOS, QUE TUDO VENHA À TONA! 

NOSSA TROPA NÃO MERECE SER ENGANADA.

14 comentários:

  1. E agora estão dizendo que árvore que dá fruto leva pedrada. Isso nos leva a entender porque eles jogam tanta pedra no Deputado Daciolo, o cara dá muito fruto. Estão provando do próprio veneno.

    ResponderExcluir
  2. O REDE é um braço do falido PT, isso não poderia dar certo.

    ResponderExcluir
  3. Isso prova que quem tem telhado de vidro não pode jogar pedra no dos outros. Prova também que não devemos jogar pedra na árvore dos outros só porque ela está dando bons frutos.

    ResponderExcluir
  4. Parece que mais uma vez é aquela história: Quem nunca comeu mel quando come se lambuza. Se houver condenação teremos caído no total descrédito e viraremos motivo de chacota.

    ResponderExcluir
  5. Independente de qualquer coisa temos que torcer para o vereador dar a volta por cima. Esses fatos abalam a família e temos que ser prudentes. Já a assessoria me parece ser inexperiente e bem ruim.

    ResponderExcluir
  6. Agora,só falta falar q é culpa do Daciolo.Tudo é ele.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso foi feito para os bms que foram ex excluídos receberem, pois servidor expulso não podem ser nomeados vc queria que eles ficassem sem receber

      Excluir
    2. Sem receber nao, pois a maioria dos militares faziam transferências direto para uma conta fornecida pelo sos, e agora quer justificar essa merda ai colocando os excluídos como desculpa ta de brincadeira ne. E outra, se foi expulso e óbvio que vai ficar sem salário ne, Sem mencionar o dinheiro que os bombeiros espulsos desviaram quando pegaram com o garotinho por debaixo dos panos la em Campos.Isso tudo pq o daciolo não quis aceitar esse dinheiro que ja que não ia ser feita a transferência para não desconfiaram que era dinheiro de transação errada dinheiro ilícito ( 1 milhão )

      Excluir
  7. Ele já ganhou a confiança novamente qdo foi ao judiciário abrir mão de sigilo.ele sempre luta porsua classe e vi ao longo de sua carreira vários projetos? Agora e vc Daciolo, o que tem feito pela tropa? Votamos em vc e nada. Nem se manifestar na hora em que mais precisamos... todos com salários atrasados assim o fez. Pare de alfinetar quem trabalha e vá trabalhar traidor. Acho que vcs nem vão publicar o que escrevi.mas fica o recado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc irmão

      Excluir
    2. dou toda razao a este comentário

      Excluir
    3. Abrir mão do que não está registrado e fácil quero ver fazer uma delação premiada com esses bombeiros que mataram mataram não no dinheiro do garotinho e os que escoltavam os funcionários sabendo que era para pegar dinheiro. Tremenda ipocrisia de vcs, pois sabemos que é outro ladrão

      Excluir
  8. Estão preocupados com árvores que dão frutos. Se forem frutos podres ou que apodrecem rapidamente, não servem para nada. Temos que esperar a apuração. Se for verdade que procuremos outro nome para nós representar, simples,assim. Se for denúncia falsa, que se puna os culpados. Quando ao federal, é só analisar o que produziu, não para ele, mas para nós.

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.