quarta-feira, 6 de julho de 2016

Protesto fecha diferentes trechos da Avenida Presidente Vargas durante três horas

Professores da rede estadual decidiram permanecer em greve

Professores durante manifestação no Centro - Giselle Ouchana / O Globo

RIO - Cerca de mil servidores estaduais fizeram um protesto no Centro do Rio. A manifestação chegou a interditar diversos pontos da Avenida Presidente Vargas por quase três horas.

Os manifestantes se concentraram na Candelária e seguiram em direção à Central do Brasil. O protesto foi convocado por professores estaduais, que decidiram manter a greve.

- Nenhuma pauta financeira foi atendida. Além disso, a situação das escolas precisa melhorar. Precisamos de porteiros, por exemplo. As escolas estão abandonadas - afirmou a professora de biologia Laís Santos.

Servidores da saúde, alunos da rede estadual e black blocs também participam do ato.

Os professores da rede estadual de ensino estão parados desde o dia 2 de março. Entre outras reivindicações, eles pedem reajuste salarial de 30% e o retorno do calendário de pagamento, sempre no início do mês.

FONTE: o GLOBO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.