domingo, 24 de julho de 2016

Sem prazo, decreto de calamidade pública pode seguir mesmo após a Olimpíada


Dornelles não diz quando calamidade vai acabar 

Durante um encontro na semana passada com o EXTRA, Francisco Dornelles disse ainda não saber quando o Estado do Rio deixará a condição de “calamidade pública”. No texto do decreto de calamidade, o governador em exercício citou a falta de recursos e a realização da Olimpíada para adotar a medida extrema:

“Ainda não decidimos se vamos acabar com o estado de calamidade após os Jogos. Quando o fizemos, o decreto não estipulou data. Se depender da situação do Estado, poderá ter validade por mais tempo”, afirmou.

O decreto dá poderes ao Executivo, incluindo a realização de contratos sem licitação.

FONTE: EXTRA

2 comentários:

  1. Se depender dessa Múmia, é infinito...cambada de ladrão..

    ResponderExcluir
  2. Se depender dessa Múmia, é infinito...cambada de ladrão..

    ResponderExcluir

"O Estado não tem poder algum sobre a palavra, as idéias e as convicções de qualquer cidadão dessa República e de profissionais dos meios de comunicação social." (Ministro Celso de Mello - Supremo Tribunal Federal) - Se identifiquem por gentileza, comentar não é crime!MUITO IMPORTANTE: O foco do movimento é a DIGNIDADE. E é para esse objetivo que o blog existe. Por isso, comentários que não compartilhem do mesmo objetivo poderão ser removidos. Não podemos publicar ofensas! Não insista! Defenda sua ideia ou crítica de forma respeitosa.